Olhar Direto

Segunda-feira, 20 de janeiro de 2020

Notícias / Política MT

Ministério da Educação nomeia reitora da Universidade Federal de Rondonópolis

Da Redação - Fabiana Mendes

11 Dez 2019 - 17:50

Foto: Ilustração

Ministério da Educação nomeia reitora da Universidade Federal de Rondonópolis
O Ministério da Educação nomeou a professora Analy Castilho Polizel como reitora 'pro tempore' da recém-criada Universidade Federal de Rondonópolis (a 218 quilômetros de Cuiabá). A publicação consta no Diário Oficial da União, que circula nesta quarta-feira (11).

Leia mais:
 Criação da Universidade Federal em Rondonópolis é aprovada no Senado

O último ato de criação da instituição de ensino foi comemorado pelo senador Wellington Fagundes (PL-MT), autor do primeiro projeto de criação da UFR, ainda em 2005. "Agora será possível determinar os atos necessários para que a nossa UFR passe a existir de fato e de direito", disse.

Fagundes destacou que a nomeação da reitora não encerra quase 15 anos de muita luta de toda a comunidade rondonopolitana. Ainda nesta quarta-feira, a Comissão de Ciência e Tecnologia do Senado aprovou requerimento para realização de audiência pública para tratar dos projetos que possam evidenciar a implantação de uma universidade voltada ao desenvolvimento regional.  

"Queremos ofertar as condições e oportunidades para a população do Sul e Sudeste de Mato Grosso, especialmente para os jovens" – acrescentou. Para a audiência foram convidados os ministros Marcos Pontes, de Ciência; e Abraham Weintraub, de Educação; e os presidentes das duas comissões, senadores Dario Berger (SC) e Vanderlan Cardoso (GO).

Os quatro já confirmaram presença no evento, que depende agora apenas de compatibilização de agenda. Berger, inclusive, durante sessão fez questão de enfatizar a luta desempenhada por Fagundes pela implantação da UFR – processo que alavancou a implantação de outras universidades, duas em Goiás, nas cidades de Catalão e Jataí; uma no Piauí, a Delta do Parnaíba; e uma em Tocantins.

Para o presidente da Comissão de Educação do Senado a implantação da UFR "é uma conquista de valor imensurável" já que representa a implantação de "um polo irradiador de cultura, de educação, de ciência, de tecnologia, do desenvolvimento e de formação de pessoas, especialmente de jovens que representam o futuro do nosso país".

A UFR já possui 19 cursos de graduação para atender Rondonópolis e região: Pedagogia, História, Matemática, Geografia, Ciências Biológicas, Ciências Econômicas, Medicina, Sistemas de Informação, Letras (com Habilitação em Português e em Inglês), Ciências Contábeis, Biblioteconomia, Licenciatura em Informática, Zootecnia, Psicologia, Enfermagem, Engenharia Mecânica, Engenharia Agrícola e Ambiental, e Administração (modalidade EAD).

Analy Castilho possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal de Uberlândia (2001), mestrado em Agronomia pela Universidade Federal de Uberlândia (2004) e doutorado em Genética e Bioquímica pela Universidade Federal de Uberlândia (2007). Atualmente é professora da Universidade Federal de Mato Grosso. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Fitopatologia, atuando principalmente nos seguintes temas: soja, doenças, resistência, melhoramento e genótipos.

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • joao
    11 Dez 2019 às 22:27

    ISSO MESMO, CHEGA DE PETRALHA E COMUNISTA

Sitevip Internet