Olhar Direto

Segunda-feira, 06 de abril de 2020

Notícias / Cidades

Pai de crianças mortas atropeladas cobra justiça e moradores fazem protesto em avenida

Da Redação - Fabiana Mendes

02 Jan 2020 - 17:01

Foto: Fabiana Mendes/Olhar Direto

Pai de crianças mortas atropeladas cobra justiça e moradores fazem protesto em avenida
Benedito Jesus dos Santos, pai das crianças mortas atropeladas, cobrou justiça em um protesto realizado na manhã desta quinta-feira (2), na avenida dos Trabalhadores, em Cuiabá, no mesmo trecho onde ocorreu a tragédia do último dia 31. A esposa Cleide dos Santos, 48 anos, continua internada no Hospital Municipal de Cuiabá (HMC). O motorista da Dodge Ram, Wesley Patrick Villas Boas de Souza, 23 anos, teve a prisão mantida em audiência de custódia ocorrida na quarta-feira (1). 

Leia mais:
Vídeo mostra momento em que mãe e dois filhos são atropelados na Avenida dos Trabalhadores

"Quero justiça, mataram duas crianças minhas", disse em entrevista ao Olhar Direto. Segundo o catador, a esposa e os filhos estariam indo em uma agência bancária, diferente da versão de um familiar de que ela estaria voltando da igreja, onde trabalhava. A família mora no bairro Jardim Campo Verde. Ele afirma que toda ajuda é bem-vinda.

Vizinha das vítimas, Maria Auxiliadora Pedroso participou do protesto e cobrou sinalização, faixa elevada ou redutor de velocidade no local. Conforme ela, seu irmão quase foi atropelado na mesma via, pois a faixa de pedestre é distante do ponto de parada do ônibus, que é improvisado pelos moradores da região. 

"O meu irmão várias vezes quase se acidentou. Como eu não consigo correr para atravessar a rua, o meu irmão também não consegue. Está perigoso, não tem outro lugar para pegar ônibus. Com essa tragédia que teve, fiquei com mais medo ainda de atravessar. Estou manifestando para pedir sinalização, antes que aconteça outros acidentes. Aqui tem muita criança, principalmente em período de aulas. Muitas dependem do ônibus para ir à escola. Elas têm que atravessar a rua", relata.

Maria Auxiliadora também cita algumas lembranças das crianças. "Eu via o pai passeando com as crianças de carrinho, levando para escola e creche. É uma perda muito grande, é triste, mas também revoltante para nós".

Prefeitura busca alternativa

Procurada, a Prefeitura de Cuiabá disse que o secretário de Mobilidade Urbana (Semob), Antenor Figueiredo, informou que uma equipe de engenharia da Pasta será direcionada ao local para avaliar o que pode ser feito para atender a demanda da população.

O secretário explicou também que é necessário um estudo prévio da situação para que a providência tomada seja realmente efetiva. A Semob deve aguardar também laudo pericial para completa avaliação dos fatos e devidas providências.

O atropelamento

Cleide dos Santos foi atropelada na Avenida dos Trabalhadores, em Cuiabá, no último dia 31, juntamente com os filhos Bruno dos Santos e Brenda dos Santos, da igreja.  As crianças morreram e a mãe continua internada, mas fora de risco, segundo familiares.

Conforme a Polícia, testemunhas estariam exaltadas no momento do atropelamento e começaram a jogar pedras na camionete Dodge Ram, onde estava o rapaz. O motorista então foi encaminhado ao Cisc do bairro Verdão para as devidas providências.
 
Vídeo de uma câmera de segurança mostra o momento do acidente. Nas imagens, é possível ver o momento em que a Dodge Ram, conduzida por Wesley Patrick ultrapassa um veículo, subindo a avenida dos Trabalhadores e atinge a mulher e seus dois filhos. A mais nova estava no colo da mãe.

Também é possível notar que o condutor pisa no freio e 'joga' a caminhonete para o lado, na tentativa de evitar a colisão com a família. A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) irá determinar a velocidade empregada pela Dodge Ram no momento da batida.

O teste do bafômetro não apontou nenhuma ingestão de álcool por parte do condutor.

 

30 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Milly
    05 Jan 2020 às 14:34

    Lamento a perda das crianças, mas vendo o vídeo, vejo que o motorista não teve intenção de matar, até porque ele freou e tentou desviar, podendo até ser pior, pois a caminhonete é mais fácil de capotar. São pessoas humildes e trabalhadoras, porém vendo uma faixa de perdeste poderia ultilizar- lá, ou até mesmo esperar mais um pouco para atravessar, e não saindo correndo pela rua com criança no colo, ou segurando na mão, correndo risco de cair no asfalto e ficando na frente do carro. Será que se acontecesse ia ser culpa do rapaz? Lamentável tudo isso.

  • Dora Avent.
    04 Jan 2020 às 12:36

    Então querem que a mãe responda Judicialmente né? Pq a errada nesse caso, foi ela!

  • Chacal
    03 Jan 2020 às 10:34

    Qual justiça ? Só se for para penalizar mãe ! Pois ela foi a irresponsável e imprudente , além da Prefeitura que não tem projetos de trânsito e mobilidade.

  • Benedito Rubens de Amorim
    03 Jan 2020 às 10:34

    Falta mais sinalização nesse local, pelo vídeo , nota que tanto o motorista tentou tirar da vitima e seus filhos, o carro, e , a mesma que atravessou num lugar sem faixa de pedestres, correu para o mesmo lugar que o veiculo desviou, assism, eu vi o vídeo e defini, e vocês que acham? Com a palavra a SEMOB e as providências urgentes.

  • cuiabano
    03 Jan 2020 às 10:17

    pelo que vi no vídeo , aconteceu que muitas pessoas atravessam as ruas sem prestar as devidas atenções . e acabam sendo atropeladas por negligencia dos próprios pedestres. pedir justiça por imprudência não trará os filhos de volta. sempre buscar faixas de travessias para pedestres , e ficar atento com o trânsito. não foi culpa do motorista e sim culpa da mulher que conduzia os filhos , pois se a mesma tivesse mais responsabilidades com os mesmos , com certeza não aconteceria o que aconteceu, lamentável. a culpada foi á esposa deste senhor. pedir justiça por uma ação que á própria esposa cometeu é exploração na cara dura. depois vão dizer que são pobres e á justiça é falha. têm muitos pais e responsáveis que deveriam cuidar melhor dos seus entes queridos por buscar justiça depois das fatalidades , nem alcoolizado estava o condutor do veículo e o mesmo até tentou desviar , mas pelo vídeo ficou claramente que á mulher se jogou na frente da camionete.

  • Lívia
    03 Jan 2020 às 10:02

    Além da pobreza que se pode superar veio a dor e perda mais doida que nunca se supera . Que a força venha do alto! E justiça seja feita devidamente.

  • Observo
    03 Jan 2020 às 09:27

    Dá pra ver que o motorista não freio bruscamente, ele tentou desviar. Talvez se ele freiasse teria evitado as mortes.

  • observo
    03 Jan 2020 às 08:45

    Este caso foi uma fatalidade mesmo...todos tem sua parcela de culpa e ja estao pagando por isso...... a muito tempo aquela regiao e um problema pedestre atravessa fora da faixa correndo no meio dos carro ...a visibilidade ali e ruim e sol nao deixa o motorista enxergar direito.....de que adianta passarela se o pedestre nao utiliza vemos os casos das outras passarelas que temos na cidade na fernando correia o pedestre corre na rua embaixo da passarela mas nao e capaz de subir nela para atravessar

  • Amanda
    03 Jan 2020 às 08:20

    Cobre isso da mãe das crianças, ela é a responsável pelo acidente que infelizmente tirou a vida de seus filhos!!!

  • rosany soares frança
    03 Jan 2020 às 08:12

    pelo que da pra ver a senhora atravessso na frente no inicio de uma subida deveria ficar mais atenta porque ali tem faixa de seguraNÇA

Sitevip Internet