Olhar Direto

Sexta-feira, 21 de fevereiro de 2020

Notícias / Política MT

Presidente do PSDB confirma interesse de Taques em disputar Senado, mas partido escolhe Leitão

Da Redação - Érika Oliveira

21 Jan 2020 - 08:11

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Presidente do PSDB confirma interesse de Taques em disputar Senado, mas partido escolhe Leitão
O ex-governador Pedro Taques procurou o PSDB para manifestar sua intenção em concorrer ao Senado, na vaga da senadora cassada Selma Arruda (Pode). O partido, no entanto, já formou consenso e definiu que o pré-candidato pela sigla será o ex-deputado Nilson Leitão. Além de Taques, o prefeito de Cáceres, Francis Maris, também pleiteava a vaga. A informação é do presidente estadual da legenda, Paulo Borges.

Leia mais:
'Nome de Leitão é unanimidade dentro do PSDB', diz Avallone sobre eleição ao Senado

“A gente está conversando desde quando saiu a decisão do TSE [Tribunal Superior Eleitoral] e agora estamos aguardando o TRE [Tribunal Regional Eleitoral] daqui definir a data e também a presidência do Senado quanto à vaga. Mas temos conversado bastante, temos o ex-deputado Nilson Leitão como pré-candidato, que se colocou à disposição do partido. Nós ouvimos, democraticamente, todos os outros pretendentes, inclusive o Francis e o ex-governador Pedro Taques, que se colocaram como pré-candidatos. E ficou definido um consenso em torno do nome do Leitão”, explicou Paulo Borges, ao Olhar Direto.

Leitão disputou o Senado em 2018, mas terminou em quinto lugar, atrás de Jayme Campos (DEM) e Selma Arruda, que foram eleitos, e de Carlos Fávaro (PSD) e Adilton Sachetti (Republicano). Atualmente, o ex-deputado trabalha como consultor da Presidência do CNA (Confederação Nacional da Agricultura).

Taques também saiu derrotado do último pleito, quando tentou a reeleição. Terminou em terceiro lugar, voltou a advogar e, em algumas de suas ultimas entrevistas enquanto governador, disse que deixaria a política de lado por um tempo para se dedicar à sua vida pessoal.

À época, Taques já dava indícios, no entanto, que sua carreira na política não seria encerrada. “A diferença da política para a vida é que na vida você só morre uma vez. Na política você nasce e morre várias vezes”, declarou.

O PSDB, no entanto, não pretende se arriscar novamente com o ex-governador, que saiu do Governo com baixa aprovação, embora tenha uma trajetória de sucesso no Senado Federal. Conforme Paulo Borges, pesquisas de intenção serão lançadas a partir de agora com o nome de Leitão, além do início da construção de um arco de aliança robusto que garanta a viabilidade eleitoral ao ex-deputado.

“Nós não somos candidatos de nós mesmos, então vamos conversar com outros partidos, temos que montar uma coligação, esses contatos estão sendo mantidos. E agora, é muita conversa. Vamos ter candidato, porque isso é determinação do Diretório Nacional. Agora é esse tempo de tratativa, de montar um grupo forte, para que a gente lance um candidato competitivo e que ganhe a eleição. Eu acredito que com o tempo esse número de pré-candidatos diminua e a coisa afunile, vai ser uma eleição extremamente aberta. Nós vamos trabalhar com pesquisas, estamos correndo atrás disso. Eu acho que aquele candidato que tiver uma estrutura maior, uma densidade política maior, a tendência é sair na frente justamente pelo tempo. É uma eleição suplementar e vai favorecer àqueles que têm mais nome, que já disputaram eleição. E a gente acredita muito no êxito desses candidatos que já estão em evidência”, pontuou.

9 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Saulo
    21 Jan 2020 às 17:31

    Nem Taques nem Leitão, candidato tem que ser do grupo muda senado. Vou votar no candidato que Selma indicar. Abaixo a corrupção.

  • Antonia
    21 Jan 2020 às 10:47

    MELHOR PARA O SENADO , PEDRO TAQUES. SE EU FOSSE ELE TROCAVA DE PARTIDO. MAS NAO DÁ MAIS.

  • gilberto
    21 Jan 2020 às 10:35

    O PSDB nem pra escolher um candidato é competente

  • Santiago
    21 Jan 2020 às 10:26

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Blue and Blue
    21 Jan 2020 às 10:18

    Bom nome e tem trabalho prestado, porém será muito díficil tirar a vitória do Piveta.

  • VICTOR OLIVEIRA
    21 Jan 2020 às 09:43

    Leitão, nunca mais!

  • Zeca
    21 Jan 2020 às 09:14

    Taques menos pior que leitão. Apesar que meu voto é de Gisela simona.

  • deovaldo
    21 Jan 2020 às 09:10

    Vamos renovar, chega dos mesmos, votem em quem mesmo ? pois é ao meu ver um dos nomes que destacaria é o do ANTERO PAES DE BARROS....Esse sim seria o nome para representar Mato Grosso.....E sem MIMIMIMIMI é a minha opinião...

  • Zeca
    21 Jan 2020 às 08:39

    Os do DEM e MDB querem eleger o Julio Campos ou outro da Baixada Cuiabana, apesar do Jayme já representar essa região do estado. Vamos nos firmar com o Leitão que é do nortão, do interior, que não tem nenhum representante.