Olhar Direto

Sábado, 22 de fevereiro de 2020

Notícias / Política MT

Em evento de apoio a novo partido, Bolsonaro defende candidatura "raiz" para Senado em MT; Veja vídeo

Da Redação - Carlos Gustavo Dorileo

20 Jan 2020 - 15:40

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Em evento de apoio a novo partido, Bolsonaro defende candidatura
Em evento de apoio a criação do partido Aliança Pelo Brasil ocorrido em Brasília (DF) no último final de semana, o presidente da República Jair Bolsonaro disse que se der tempo de recolher as 492 mil assinaturas até o mês de fevereiro para regularizar a sigla na Justiça Eleitoral, a primeira prova será eleger um senador em Mato Grosso para ocupar a vaga da senadora cassada Selma Arruda (PODE).

Leia também
Evento de apoio à criação de partido pode trazer Bolsonaro a Cuiabá em fevereiro


Ao lado da deputada federal Bia Kics (PSL-DF), Bolsonaro ainda disse que o novo partido terá a missão de eleger um ‘senador raiz’, para ocupar a cadeira da Selma, que foi eleita em 2018 no mesmo partido do presidente e que foi cassada em menos de um ano pelas práticas de caixa 2 e abuso do poder econômico durante a campanha.

“Ainda não temos muita certeza, mas se nós formarmos o partido, dará tempo para lançar um candidato ao Senado em Mato Grosso? Porque vai ter uma eleição de uma vaga para o Senado no final de março. Se der tempo, será a primeira prova nossa, eleger um senador raiz agora em março”, disse o presidente da República, sob os aplausos de seus apoiadores.

Ainda sem partido desde que deixou o PSL em volta a várias polêmicas, Bolsonaro já declarou que não pretende entrar nas discussões políticas na eleição municipal de 2020 e que irá apoiar somente candidatos de seu partido.

O Aliança Pelo Brasil, sigla idealizada pelo presidente e pelos seus filhos ainda está em fase de criação, com o recolhimento de assinaturas, que pela lei eleitoral, precisará reunir quase meio milhão de inscritos para poder se tornar um partido.

Na baixada cuiabana, diversos seguidores do presidente tem ido à cartórios para assinar o apoio pela criação do partido.

 

4 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • edson buaski
    21 Jan 2020 às 09:41

    os funcionarios de empresas privadas sabem a luta dos patroes.......quem fica chorando direito é funcionario publico e de esquerda,pois acham que dinheiro da em arvores!!!!!

  • Angelo
    21 Jan 2020 às 00:04

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • DAILSON SOARES DE OLIVEIRA
    20 Jan 2020 às 17:12

    Com certeza ele vai querer mais um para acabar de moer os trabalhadores em geral. Fim dos direitos trabalhistas e previdenciários. Tô fora.tchau...

  • Zeca
    20 Jan 2020 às 16:52

    Se for nome novo, quem a Selma indicar eu voto. Porém se for nomes antigos, prefiro o Pedro Taques.