Olhar Direto

Quarta-feira, 30 de setembro de 2020

Notícias / Picante

Função ilegal

Vereador é acionado por exercer cargo de direção em TV com contrato com prefeitura

Da Redação

23 Jan 2020 - 06:00

Foto: Assessoria de imprensa

Função ilegal
O Ministério Público do Estadual propôs ação civil pública de responsabilidade por ato de improbidade administrativa contra o vereador Salvador Marinho Pizzolio Alves, do município de Juara (a 709km de Cuiabá). Ele é acusado de exercer cargo de direção em uma televisão e uma rádio que têm contrato com a Prefeitura. O parlamentar poderá ser condenado à perda da função pública, suspensão dos direitos políticos, pagamento de multa civil e proibição de contratar com o poder público ou receber incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente. O vereador alega que trabalha para o grupo de comunicação como repórter e que assinou documentação como diretor "na correria".

Mais Picantes

Sitevip Internet