Olhar Direto

Notícias / Política MT

Prefeito diz que área consta como pública e garante que contratempo não atrapalhará obra

Da Redação - Carlos Gustavo Dorileo

17 Fev 2020 - 11:48

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Prefeito diz que área consta como pública e garante que contratempo não atrapalhará obra
Após cancelar o lançamento da obra do primeiro Hospital Veterinário Municipal, por conta do surgimento repentino de um suposto proprietário da área em que a unidade de saúde animal estava programada de ser construída, o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) declarou, por meio de suas redes sociais, que o terreno consta como público no sistema da prefeitura e garantiu que o contratempo não irá comprometer a luta pela causa animal.

Leia mais
Prefeitura cancela lançamento após empresário aparecer em evento e reivindicar área


“Hoje era o dia do tão sonhado Hospital Municipal Veterinário. Entretanto na hora do lançamento da obra, apareceu um suposto proprietário dizendo que a área era dele e que a prefeitura não poderia estar fazendo o lançamento. Eu imediatamente, até pelo princípio da boa fé e da ampla defesa do munícipe, eu imediatamente suspendi o lançamento da obra até que esta situação seja esclarecida”, explicou o prefeito.  

“Aqui em Cuiabá é muito comum esta luta por áreas públicas. É muito comum em muitas áreas da cidade pessoas aparecerem tempos depois, até com documentos em mão, o que é o caso, alegando que a área, que no nosso controle da prefeitura é tido como pública, na verdade é de propriedade particular... Vamos esclarecer esta situação de forma administrativa ou até na justiça se for o caso. Estou só adiando o lançamento desta obra, mas não estou em hipótese alguma comprometendo o nosso sonho de fazer de Cuiabá um case de sucesso em defesa e em proteção aos nossos animais”, afirmou.

O terreno em questão fica às margens da rodovia Palmiro Paes de Barros, próximo ao cemitério Parque Bom Jesus, no bairro Parque Cuiabá. A obra do Hospital Veterinário Municipal é proveniente de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) do Supermercado Comper com o Executivo municipal. A obra, segundo a prefeitura custará R$700 mil e esse dinheiro todo será pago pela empresa privada.

Pouco antes da cerimônia de lançamento, o empresário Luiz Alberto Gebrim chegou ao evento com documentos que comprovam que a área é dele. Á imprensa, ele fez acusações e disse que ainda hoje está entrando com um mandado de segurança.

"Quando a Prefeitura estava fazendo esse aterro, fui atrás do secretário de Obras e pedi para parar as obras. Não tive resposta. Estou entrando com um mandado de segurança para embargar tanto a obra quanto a posse", disse Gebrim, que ainda confirmou que em 2010 ele pagou R$ 1 milhão e hoje estaria valendo R$ 2,5 milhões.

18 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Maria
    18 Fev 2020 às 14:06

    O povo tem o governo que merece ??

  • Carlos
    18 Fev 2020 às 13:42

    kkkkkk tentou levar no peito, mas como a área tem dono teve que dar marcha ré.

  • José Sincero
    18 Fev 2020 às 13:12

    Culpa da prefeitura que não atualiza o sistema, ou do empresário que não foi até a prefeitura regularizar ? Enquanto não estava pagando o IPTU estava bom, agora vem chorar a propriedade do terreno. Existem vários terrenos sem dono em Cuiabá, criadouros de mosquito da dengue, mas é só alguém fazer uma casinha no terreno, que o dono aparece.

  • D.O.A
    18 Fev 2020 às 10:41

    manuel n sabe nem onde ta o espirito dele.

  • TEDA
    18 Fev 2020 às 10:16

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • juarezco
    18 Fev 2020 às 08:32

    Quase certeza de que se trata de mais um fantoche do Abílio.

  • Luis
    18 Fev 2020 às 08:12

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Mariana
    18 Fev 2020 às 08:11

    Com certeza esse empresário ta falando a verdade. Atras desse lugar tem uma invasão de área particular e ate hoje a prefeitura fala que também é dela. Sabem como é na prefeitura, tem rolo lá dentro com legalizações de invasões. Espero que esse empresário siga em frente para provar o que o é dele.

  • Raimundo
    18 Fev 2020 às 08:10

    Será que o Paletó pensa que alguém acredita nele?

  • Lino Pinheiro
    18 Fev 2020 às 05:39

    Vamos dar o troco à Emanuel nas urnas. Parasita.

Sitevip Internet