Olhar Direto

Quarta-feira, 08 de abril de 2020

Notícias / Política MT

Menosprezado pelo PDT, Antonio Galvan costura filiação ao Aliança pelo Brasil

Da Redação - Érika Oliveira

22 Fev 2020 - 11:00

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Menosprezado pelo PDT, Antonio Galvan costura filiação ao Aliança pelo Brasil
O presidente da Aprosoja de Mato Grosso, Antonio Galvan, decidiu deixar o Partido Democrático Trabalhista (PDT) depois que seu projeto de pré-candidatura ao Senado foi descartado, segundo ele, sem nenhum tipo de comunicação. Bolsonarista convicto, Galvan já estaria com filiação acertada ao Aliança pelo Brasil, partido que o presidente Jair Bolsonaro pretende criar.

Leia mais:
PDT lança vice-governador Otaviano Pivetta como pré-candidato ao Senado

“Primeiramente eu nem sabia que ia ter reunião, ninguém me falou nada. E, segundo, o PDT não faz mais parte da minha vida”, disse Galvan, em entrevista ao Olhar Direto. Questionado se já havia comunicado o partido sobre sua desfiliação, o titular da Aprosoja disse que “não há necessidade de comunicar nada ao partido”.

“O partido tomou a decisão dele, resolveram fazer sem falar nada comigo. Então, por que eu teria que comunicar o partido de alguma coisa? Eu não tenho nenhuma obrigação legal de fazer isso. Eu fiquei sabendo pela mídia que eles se reuniram, só isso”, acrescentou.

Galvan havia manifestado interesse na vaga deixada pela senadora cassada Selma Arruda (PODE) e, segundo o presidente do PDT em Mato Grosso, Alan Kardec, o presidente da Aprosoja disputaria internamente a pré-candidatura pela sigla com o vice-governador Otaviano Pivetta.

No ultimo final de semana, porém, Pivetta foi anunciado como pré-candidato pelo partido, em um encontro interno no Hotel Fazenda Mato Grosso.

Galvan é presidente da Aprosoja Mato Grosso e vice-presidente da Aprosoja Brasil. E, embora desconhecido na política, tem destaque na atuação da classe produtora em Mato Grosso e em todo país. Além disso, ganhou notabilidade em 2018 por defender de maneira ferrenha a eleição do então candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro.

Nos bastidores, rumores dão conta de que Galvan já estaria com sua filiação ao Aliança pelo Brasil acertada. Ele desconversou. “Daqui uns dias vocês vão ficar sabendo”, limitou-se a dizer.
 

6 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Nivea
    22 Fev 2020 às 21:38

    Tamo junto Galvan. Vamo junta todo mundo no partido para lutar pelo produtor

  • PROF.MANOEL PINHEIRO
    22 Fev 2020 às 14:35

    ISSO É QUE É TRAIÇÃO PARTIDARIA. FIZERAM A REUNIAO AS ESCONDIDAS E ESCOLHERAM OUTRO. FICARIA MAIS BONITO SE FIZESSEM UMA PRÉVIA. MENOSPREZARAM ANTONIO GALVAN PRESIDENTE DA APROSOJA MT. UM HOMEM QUE LUTA PELO AGRONEGÓCIO E CARREGA O NOME DO BRASIL LA FORA. ISSO É QUE OS PARTIDOS NÃO DEVERIA FAZER. PARTE PARA OUTRA GALVAN. ABRAÇOS PROF.MANOEL PINHEIRO

  • Dito borracheiro
    22 Fev 2020 às 14:09

    Kkkkk, uai nao tinha apoio de 60 prefeitos, ih mijaram pra trás.

  • Jarvas
    22 Fev 2020 às 13:57

    djente de quem?

  • Hugo
    22 Fev 2020 às 13:20

    Não sei o que esses malas estão fazendo no PDT, pivetta é outro que não deveria estar. Pdtista votando em bozo, tão de brincadeira, sumam.

  • Manequinho
    22 Fev 2020 às 12:44

    Seja bem-vindo ao Aliança 38 Sr Galvan. Venha somar forças por um Brasil livre da corrupção. #SOMOSTODOSBOLSONARO

Sitevip Internet