Olhar Direto

Notícias / Cidades

Acusado de assassinar a ex com 18 facadas é morto em troca de tiros com a PM

Da Redação - Wesley Santiago

02 Mar 2020 - 08:08

Foto: Reprodução

Acusado de assassinar a ex com 18 facadas é morto em troca de tiros com a PM
O jovem de 23 anos, identificado como Odir da Rosa Santos, acusado de assassinar a ex-mulher, Laiany Lemes de Almeida, de 18 anos, com 18 facadas, na última quinta-feira (27), em Peixoto de Azevedo (691 quilômetros de Cuiabá), foi morto em troca de tiros com a Polícia Militar na madrugada desta segunda-feira (02), na rodovia federal que liga a cidade a Matupá.

Leia mais:
Homem mata a namorada com 18 facadas e conta o crime para a irmã da vítima
 
A Polícia Militar confirmou ao Olhar Direto que o homem morreu nesta manhã. Segundo consta, uma motociclista que passava pela BR-163 avistou uma pessoa andando sem camisa pela rodovia. Ao se aproximar, a testemunha reconheceu o acusado e resolveu acionar as autoridades.
 
A testemunha ainda conseguiu ver que o homem estava armado. Quando a equipe chegou, houve troca de tiros e o suspeito ainda conseguiu se esconder no matagal. Horas depois, já durante a manhã de hoje, os PMs localizaram o acusado, quando houve novo confronto entre as partes.
 
O suspeito acabou atingido, não resistiu aos ferimentos e morreu ainda no local do fato. A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) foi acionada e realizou os trabalhos na cena. O caso é investigado pela Polícia Civil.

O caso

Por não aceitar o fim do relacionamento, um jovem de 23 anos esfaqueou a namorada de 18 até a morte, na cidade de Peixoto de Azevedo (distante 700km de Cuiabá), na noite de quinta-feira (27). Armado com uma faca, o rapaz foi até a casa da vítima, com quem ele tem dois filhos, e desferiu 18 golpes, que atingiram cabeça, braço, tórax e barriga de Laiany Lemes de Almeida.

Segundo informações da irmã da vítima, o autor do crime, identificado como Odir da Rosa Santos, avisou a família da jovem e em seguida fugiu. Ele estaria com sangue nas mãos quando falou do ocorrido.

Odair teria tentado reatar o namoro por várias vezes, mas Laiany não aceitava devido o rapaz ser muito ciumento. Na noite do crime, ele teria ligado antes para a vítima, que não atendeu. Descontente por ser ignorado, foi até a residência e cometeu o crime.

11 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Jorge1
    02 Mar 2020 às 17:39

    Muito bem, PMMT! Excelente trabalho como sempre.

  • Gladston
    02 Mar 2020 às 13:23

    Brilhante Polícia Militar. Ação de cancelamento de cpf realizada com sucesso!

  • Paolo
    02 Mar 2020 às 10:21

    Top rapaziada parabéns mais um vagabundo pros quinto do caetano.

  • Vinicius
    02 Mar 2020 às 10:17

    O que faz uma mulher se envolver com um lixo desses? só queria entender o que passa na cabeça dessas mulheres. Carência? medo de ficar só? os caras que prestam só servem como amigo....

  • Cidadão
    02 Mar 2020 às 10:11

    Ressocializado com sucesso! Esse não comete crimes mais!

  • Liz
    02 Mar 2020 às 09:31

    A Polícia nos SALVOU desse meliante, TKS aos PMs envolvidos!!!

  • Hilton Nunes
    02 Mar 2020 às 09:14

    PARABÉNS a PMMT!

  • Toniel
    02 Mar 2020 às 09:13

    Teve o que merecia, covarde.

  • Júlia
    02 Mar 2020 às 09:12

    A instituição que mais defende a mulher da violência doméstica é a PM. Infelizmente os grupos feministas não reconhecem.

  • Chico Bento
    02 Mar 2020 às 09:07

    Esse não da mais despesas para o erário. Mais um CPF cancelado.

Sitevip Internet