Olhar Direto

Quarta-feira, 17 de agosto de 2022

Notícias | Cidades

Acredita ter pego em SP

Empresário que testou positivo para coronavírus em Cuiabá passou por três Estados antes de confirmar doença

Foto: Reprodução

Empresário que testou positivo para coronavírus em Cuiabá passou por três Estados antes de confirmar doença
O empresário Valdinei Mauro de Souza, de 50 anos, que atua no ramo de mineração, é o segundo paciente que testou positivo para coronavírus, em Cuiabá. Ele passou por três Estados brasileiros e também veio de viagem ao exterior. Ao Olhar Direto, ele relatou os sintomas e disse acreditar que os números são alarmantes em Mato Grosso.

Leia mais:
Hospital confirma segundo paciente que testou positivo para coronavírus em Cuiabá
 
“Comecei a ter os sintomas há oito dias, nos isolamos em casa. Teve um dia que passei bastante mal, fui ao hospital e pedimos exames. Quando foi ontem (18), nos chamaram e notificaram do resultado, já nos dando as recomendações necessárias”, disse ao Olhar Direto o empresário, que se recupera em casa.
 
Valdinei teve contato com diversas outras pessoas antes de sentir os primeiros sintomas. “Já falei com meu piloto e ele está com sintomas parecidos, assim como minha esposa e funcionários. Todos estão isolados, acredito que os números no Estado não são como eles estão passando, são alarmantes”.
 
Apesar da gravidade da doença, o empresário explica que o coronavírus não é um bicho de sete cabeças. “Tive dor de cabeça, tosse, dor no corpo. É uma gripe forte. Temos que ter cuidado com as pessoas mais debilitados e nossos idosos, que tem um sistema mais fraco”.
 
O empresário viajou para Miami, há menos de 20 dias. Depois disto, passou por São Paulo (duas vezes), Belo Horizonte e Brasília, antes de chegar a Cuiabá. “Acredito que peguei em São Paulo, já que a viagem para os Estados Unidos foi há quase 20 dias”.
 
Além do caso de Valdinei, o Hospital Santa Rosa informou que mais um paciente testou positivo para o coronavírus. Até o momento, foram dois os confirmados com a doença. A contraprova ainda é aguardada para que o Ministério da Saúde trate o caso com oficial.

Rondonópolis

A cidade de Rondonópolis foi a segunda de Mato Grosso a confirmar um caso de coronavírus, pelo menos em exame preliminar. A informação foi divulgada no fim da tarde desta terça-feira (17), pela própria prefeitura e a Unimed, já que a paciente, que tem 59 anos e é diabética, está internada em sua unidade. 

O médico infectologista Juliano Bevilacqua, que também integra o Comitê de Gestão de Crises, orientou  a população a evitar circular pela cidade e somente ir para hospitais em casos emergenciais. Segundo ele, pessoas que tiverem sintomas de gripe devem permanecer em casa e procurar hospitais somente se apresentarem febre alta e dificuldades respiratórias.

Estado

O estado apresentou, até o momento, 49 casos, sendo que hoje 25 casos são considerados suspeitos, 7 foram descartados – destes, 3 casos apresentaram resultados positivo para Influenza B – e 17 foram excluídos por não preencherem critérios de definição de caso para COVID-19.

Os três casos suspeitos que apresentaram diagnóstico em laboratório privado, nos municípios de Cuiabá e Rondonópolis, aguardam para realização de exames de contraprova no Lacen-MT, para validação do resultado divulgado, ou a apresentação da documentação comprobatória dos laboratórios de referência nacional validando suas análises.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet
x