Olhar Direto

Quarta-feira, 08 de abril de 2020

Notícias / Política MT

Prefeito determina fechamento de comércio e suspensão de 100% dos ônibus

Da Redação - Carlos Gustavo Dorileo

20 Mar 2020 - 17:35

Foto: Reprodução

Prefeito determina fechamento de comércio e suspensão de 100% dos ônibus
Em decreto assinado nesta sexta-feira (20), o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) determinou medidas como a suspensão da circulação de 100% do transporte coletivos de Cuiabá e o fechamento de praticamente todo o comércio até pelo menos o próximo dia 5 de abril, como prevenção contra a proliferação do novo coronavírus.

Leia também
Mauro Mendes endurece regras, fecha parques e restringe circulação para tentar conter coronavírus


O anúncio foi feito pelo prefeito, acompanhado de seu filho, o deputado federal Emanuelzinho (PTB), e da primeira-dama Márcia Pinheiro, por meio de redes sociais.

Entre as medidas anunciadas estão o home office para servidores municipais que prestam serviços administrativos para prefeitura, a suspensão de 100% do serviço de transporte coletivo, além do fechamento, conforme adiantou o Olhar Direto, de quase todos estabelecimentos comerciais da capital, como shoppings, restaurantes, bares, e academias até o dia 5 de abril, podendo ter o prazo prorrogado. Igrejas também devem ser fechadas. 

Segundo o prefeito, só estão permitidos os servidos como os de mercados, clínicas, hospitais públicos e privados, além de postos de combustíveis. As lanchonetes e restaurantes só vão poder oferecer o serviço de delivery.

"Estas medidas me partem o coração, mas estamos atendendo a uma recomendação do Ministério da Saúde... Teremos momentos difíceis pela frente, mas não vamos nos deixar envolver por histeria social ou pânico. Vamos superar isso e mostrar a força do povo cuiabano", disse o prefeito durante a transmissão.

O decreto ainda dispensa a instauração de procedimento licitatório para aquisição de bens, serviços e insumos de saúde destinado ao enfrentamento da propagação do novo coronavírus; e determina que a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Verdão seja utilizada como apoio de leitos do antigo pronto-socorro, para internações de pacientes contaminados. 

O Shopping Estação se manifestou sobre o decreto do prefeito Emanuel Pinheiro e informou que suspendeu as atividades entre os dias 21 de março e 05 de abril. O shopping esclarece ainda que ficam mantidos os acessos à população apenas às farmácias e reitera que as operações de delivery funcionarão normalmente.  

49 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Moreira
    22 Mar 2020 às 09:26

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • luiz otavio
    22 Mar 2020 às 06:03

    do caos vai melhorar o pais ,o povo vai assumir o poder

  • Erika
    21 Mar 2020 às 19:51

    Parabens a ideia brilhante do prefeito de parar 100% transporte coletivo,quero ver como as pessoas que trabalham em hospitais e dependem de onibus pra chegar ate la.....otima ideia prefeito...agora vc pega seu carro e leva todos os funcionários que depende de onibus pra ir trabalha e leva.....

  • Darcy
    21 Mar 2020 às 19:19

    O senhor só deu uma puxada no freio de mão. Porque a maioria só pensa em lazer academia e celular e tá esquecendo do criador do céu e da terra

  • Jorge
    21 Mar 2020 às 15:34

    Mandou fechar o comércio, ok, - Funcionários em casa ok - e o IPTU não vai adiar ??? - Sinop que é bem menor já Adiou e aí MONOCELHA !!!

  • Luana
    21 Mar 2020 às 13:06

    Toma tantas medidas e nos postos de saúde não tem luva, não tem máscara , não tem o básico para os profissionais da saúde trabalhar. Uma vergonha.

  • Maurício
    21 Mar 2020 às 12:30

    O Prefeito primeiro vai a imprensa e decreta e faz a declaração junto com o Deputado filho.. Agora me responde como os funcionários de hospitais, farmácias e mercados iram trabalhar..... Resolve isso agora....

  • Teka Almeida
    21 Mar 2020 às 11:43

    A prefeita de Sinop acaba de prorrogar o pagamento do IPTU e o Emanuel Pinheiro não se pronunciou até agora. Não que eu queira, mas é que os bancos para evitar a aglomeração dentro da instituição está limitando a entrada das pessoas e o IPTU não se paga pelo aplicativo, paga-se apenas pelos caixas eletrônicos ou nos caixas. Com isso a aglomeração fica do lado de fora da agencia bancária. E ai pergunto: vai adiar ou vai solicitar ao banco o pegamento pelo aplicativo????!!!!

  • Teka Almeida
    21 Mar 2020 às 11:43

    A prefeita de Sinop acaba de prorrogar o pagamento do IPTU e o Emanuel Pinheiro não se pronunciou até agora. Não que eu queira, mas é que os bancos para evitar a aglomeração dentro da instituição está limitando a entrada das pessoas e o IPTU não se paga pelo aplicativo, paga-se apenas pelos caixas eletrônicos ou nos caixas. Com isso a aglomeração fica do lado de fora da agencia bancária. E ai pergunto: vai adiar ou vai solicitar ao banco o pegamento pelo aplicativo????!!!!

  • Luis Henrique
    21 Mar 2020 às 11:31

    E IPTU prefeito paletó? Não vai suspender? Demagogia com água e luz, pois são empresas privadas. E IPTU prefeito paletó? Têm que sustentar parasitas vereadores né?

Sitevip Internet