Olhar Direto

Notícias / Política MT

Maggi destaca seriedade do momento: nem os governantes estão se entendendo

Da Redação - Érika Oliveira

30 Mar 2020 - 15:00

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Maggi destaca seriedade do momento: nem os governantes estão se entendendo
Afastado da política desde que deixou o Ministério da Agricultura, o ex-governador Blairo Maggi (PP) utilizou suas redes sociais neste final de semana para pedir “serenidade” às pessoas neste momento de pandemia. Maggi, que já havia feito outras publicações pedindo que as pessoas respeitem as ordens de isolamento social, criticou desta vez a disseminação de “fake news” eu grupos de WhatsApp e alertou para a seriedade da crise causada pelo coronavírus. 

Leia mais: 
Estado anunciará medidas para ajudar autônomos e pequenos comerciantes 

“Este momento é de ficar em paz. Saia dos grupos de WhatsApp que estão infernizando a vida, trazendo excesso de informações e, muitas delas, que não condizem com a realidade dos fatos. Nem nossos governantes estão se entendendo mais. Os problemas que virão são sérios, isso não é uma corrida de 100 metros, mas uma maratona, teremos que estar preparados e participar. Para isso, o mínimo de discernimento e serenidade são mais que necessários. Nada de histeria e brigas”, escreveu Blairo Maggi. 

Na última semana, o país se dividiu entre quem defende o isolamento total da população e, encorajados pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), outra parte sustenta que somente o chamado “grupo de risco” seja colocado em quarentena, como forma de preservar a economia. 

Em Cuiabá, vale lembrar, um grupo de empresários fez um buzinaço próximo à casa do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) para exigir a reabertura do comércio. Apesar disso, o chefe do Executivo municipal manteve, pelo menos até o dia 05 de abril, as restrições impostas pelo decreto que definiu a abertura somente dos serviços considerados essenciais.  

O Ministério da Saúde, apesar do posicionamento do presidente da República, também preconiza o isolamento social como forma de conter o avanço da doença no país. Neste domingo (29), Bolsonaro afirmou que cogita assinar um decreto para permitir que todas as profissões possam voltar a trabalhar.  

O presidente tem sido crítico a medidas restritivas impostas por governadores em alguns estados em razão da pandemia do novo coronavírus. Segundo ele, a paralisação de comércio e da circulação de pessoas causará um grande impacto na economia, o que pode levar a uma onda de desemprego e falta de sustento para trabalhadores informais. 

 
 

 

12 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Galdencio
    31 Mar 2020 às 08:47

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Mário Neves
    31 Mar 2020 às 08:33

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Luiz Otávio
    31 Mar 2020 às 07:50

    Blairo Maggi deveria fazer doação de insumos básicos para a população

  • Toniel
    31 Mar 2020 às 04:19

    Falou que será uma maratona, pensando nisso seu perfil esta reconchudo, não aguentará 20 metros.kkkkk

  • Rui negreiros
    30 Mar 2020 às 23:00

    A amaggi lucra anualmente uma quantia semelhante ao orçamento do Estado. Doe alguns respiradores ao inves de querer aparecer

  • Raimundo
    30 Mar 2020 às 17:45

    Falou o rei da sabedoria. Não tem moral para nada.

  • FISCAL
    30 Mar 2020 às 16:38

    N verdade os políticos vão preocupar daqui alguns anos quando começarem a descobrir pra onde foram os bilhões que hoje estão querendo diz que é pra ajudarnos kkkkkkkkkk vai enganar outro...

  • Maria
    30 Mar 2020 às 16:37

    Povo rico agora, tudo com medo de morrer...

  • Jose
    30 Mar 2020 às 16:33

    Este com a grana que tem deve estar muito preocupado?

  • Vilson Peres
    30 Mar 2020 às 15:57

    Então só resta uma saída É BLAIRO MAGGI sair candidato ao SENADO e pacificar o governo.