Olhar Direto

Terça-feira, 26 de maio de 2020

Notícias / Ciência & Saúde

Vacinação contra Influenza é retomada com sistema ‘Drive-Thru'; veja quem pode tomar e onde

Da Redação – Fabiana Mendes

31 Mar 2020 - 14:41

Foto: Giuliano Gomes/ PRPress

Vacinação contra Influenza é retomada com sistema ‘Drive-Thru'; veja quem pode tomar e onde
A 22ª Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza será retomada na próxima quinta-feira (02) com sistema ‘Drive-Thru’ e mais de 101 pontos de imunização. Quando as primeiras doses chegaram, se esgotaram em aproximadamente duas horas e a imunização teve que ser interrompida. A vacina previne contra três tipos de influenza: influenza A H1N1, influenza A H3N2 e Influenza B.

Leia mais:
Prefeitura de Cuiabá irá realizar 'Drive-Thru' de vacinação contra influenza

Para evitar aglomeração de pessoas, medida recomendada pela Organização Mundial da Saúde contra contágio do coronavírus, a Prefeitura de Cuiabá disponibilizará aos idosos e profissionais da saúde pública e privada um ponto estratégico nas regionais Leste, Oeste, Norte e Sul.

São eles: Shopping Pantanal, Shopping Estação, Universidade Federal de Mato Grosso (entrada pelo portão 1 – Coordenação de Segurança do Campus Universitário) e na Lagoa Encantada, situada no Bairro CPA III. Nestes locais a imunização terá início às 8h e serão vacinadas somente as pessoas que estiverem dentro dos automóveis.

Além disso, de acordo com a assessoria de imprensa, as doses de Influenza estarão disponíveis em mais 101 pontos da Capital, dos quais 93 são nas Unidades Básicas de Saúde incluído as da Zona Rural e mais oito pontos extras sendo eles: Escola Maria Luiza Prado Bastos no bairro Osmar Cabral, Escola Alina Tocantins no Cidade Alta, Colégio Adventista no Porto, Escola Professora Teresa Lobo, Escola Batista unidade Porto, Igreja Batista - Tijucal, Escola Maria da Glória no bairro Lixeira, CRAS do bairro Dr. Fabio I e II e Escola Estadual Ana Maria do Couto no CPA II.

De acordo com a diretora de Atenção Primária, Miriam Naschenweng, para toda a ação foram disponibilizadas cerca de 16 mil doses das 21 mil entregues pelo Ministério da Saúde nesta segunda-feira, 30. Cerca de 6 mil foram designadas para os drivers, e terá início às 8h e seguirá até durar o estoque. As 10 mil foram distribuídas para os 101 postos que farão as aplicações das 7h às 11h e das 13h às 16h30. As demais, segundo ela foram reservadas para os acamados que receberão as doses em casa ao longo da semana.

A estrutura terá, conforme destacou a diretora, o envolvimento de mais 400 servidores e, além dos parceiros já citados, contará com o apoio da Cruz Vermelha, Secretaria de Mobilidade Urbana, Polícia Militar e Ordem Pública. “Nos organizamos da melhor forma possível a pedido do prefeito Emanuel Pinheiro para que a população busque a imunização sem aglomeração e com o máximo de conforto. E tivemos a grata satisfação de poder contar com as participações de parceiros que vão engrandecer ainda mais o evento”, frisou Naschenweng.

Ao todo Cuiabá deve vacinar 46 mil idosos e 21 mil profissionais da saúde pública e privada. Para Pinheiro, saber que esse público tão vulnerável poderá se imunizar com os riscos diminuídos de se contaminar com o coronavírus é gratificante. “Estamos desenvolvendo uma série de medidas para evitar a disseminação do coronavírus em Cuiabá e não poderia ser diferente na campanha contra a Influenza, especialmente na fase do nosso público mais vulnerável, que são os idosos e nossos profissionais da saúde. Por isso, determinei a imediata confecção de um plano de ação à equipe da Secretaria de Saúde, e o formato “Drive-Thru”. O plano contra a aglomeração foi aprovado desde a semana passada, mas foi preciso aguardar os repasses de doses pelo Ministério da Saúde para implantar em Cuiabá. Conduto, recebemos um pouco mais de doses e poderemos avançar nesse enfrentamento diuturno que estamos fazendo contra o Covid -19”, explicou Pinheiro. 

Campanha

Neste ano, a Campanha que normalmente é realizada na primeira quinzena de abril, foi antecipada pelo governo federal como estratégia para diminuir a quantidade de pessoas gripadas e, com isso, ajudar no diagnóstico de possíveis casos de coronavírus.

Quem pode tomar

A vacinação será dividida em três fases: A 1ª de 23/03 à 16/04, com a vacinação para os idosos (60 anos e mais), profissionais da saúde pública e privada. 2ª fase de 16/04 à 09/05 professores de escolas públicas e privadas, profissionais das forças de segurança e salvamento, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais. 3ª fase de 09 à 22/05 para crianças de seis meses a menores de 06 anos, gestantes e puérperas (mulheres de até 45 dias após o parto) e povos indígenas, adolescentes e jovens de 12 à 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional e adultos de 55 à 59 anos. 

 

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Alex
    31 Mar 2020 às 15:34

    Está etapa os médicos veterinários podem vacinar tbem, sendo que somos profissionais de saúde

Sitevip Internet