Olhar Direto

Quarta-feira, 08 de julho de 2020

Notícias / Picante

Liberdade de imprensa

Equipe de TV é agredida por apoiadores do presidente em frente a Hospital

Da Redação

22 Abr 2020 - 10:37

Foto: Arquivo Pessoal

O jornalista Jean Borsatti

O jornalista Jean Borsatti

A equipe de reportagem do Programa da Gente, da TV Brasil Oeste (TBO), foi agredida na noite desta terça-feira (21) enquanto tentava gravar um matéria sobre o número de casos da Covid-19 no Estado. O incidente ocorreu na frente do Hospital Júlio Muller e os agressores, de acordo com as vítimas, se aproximaram na tentativa de impedi-los de continuar a gravação, sob a alegação de que estavam ali para “falar mal do Bolsonaro”. Este é o segundo relato de agressão a imprensa mato-grossense em menos de um mês. Na semana passada, o jornalista Jacques Gosch, do portal de notícias RDNews, registrou boletim de ocorrência contra o deputado federal José Medeiros (PODE) por ameaça velada. A coluna reafirma o repúdio aos ataques sofridos pelos profissionais.
 
Veja a íntegra do relato do jornalista Jean Borsatti, da TBO:
 
Pessoal, boa noite.
Gostaria de relatar aqui uma situação que ocorreu hoje com nossa equipe de reportagem.
Estávamos em frente ao Hospital Universitário Júlio Muller onde iriamos fazer uma matéria sobre o relatório dos casos de Covid-19 em MT. Logo que chegamos no local um grupo começou a nos hostilizar falando que iriamos "falar mal do Bolsonaro" (o que não era o caso). Começo a gravar minha passagem e quando olho os três estavam atrás do cinegrafista de uma maneira completamente intimidatória (pareciam três seguranças de boteco), parei a materia e questionei se tinha algum problema, foi então que o trio passou a nos ofender dizendo que estavam mentindo, tentaram de todas as maneiras nos impedir de gravar o material. Em dado momento um dos homens agrediu nosso cinegrafista e minutos depois outro homem partiu para cima de mim, porém ao ser confrontado e perceber que estava sendo gravado não me agrediu, apenas me ofendeu. Foi necessário chamar a polícia e fazer uma representação contra os mesmos, fiquei na Central de Flagrantes até as 00h30.
Dois pontos ficam aqui para serem refletidos:
 
01 - A que ponto nossa politica chegou, pessoas estão agredindo jornalistas em nome de ideologias políticas.
 
02 - A liberdade de imprensa está em risco e cabe a nós jornalistas não permitirmos que isso aconteça,  por esse motivo fiz questão de apresentá-los.
 
Jean Borsatti - Repórter Programa da Gente TBO

Mais Picantes

Sitevip Internet