Olhar Direto

Quarta-feira, 08 de julho de 2020

Notícias / Picante

Absurdo

Reprodução de vídeo de estupro infantil é antiético e prejudicial às vítimas e familiares

Da Redação

30 Abr 2020 - 15:14

Foto: Reprodução

Absurdo
Alguns veículos de comunicação divulgaram, nesta quinta-feira (30), o vídeo em que um homem de 41 anos é flagrado estuprando uma criança de cinco, ao lado de uma menor, de três, em Cuiabá. Ao fazê-lo, além de romper a barreira da ética profissional, cometem o crime de divulgar, distribuir, trocar ou disponibilizar esse tipo de conteúdo. Seja em busca de audiência ou na ânsia de fazer justiça, este tipo de publicação pode causar danos irreversíveis às vítimas e, ainda, ser usada por pessoas mal-intencionadas para objetivos semelhantes ao do homem que foi preso. É importante repudiar a divulgação do vídeo repulsivo.

Mais Picantes

Sitevip Internet