Olhar Direto

Quinta-feira, 09 de julho de 2020

Notícias / Esportes

Ao completar 14 anos, Cuiabá Arsenal lembra principais momentos da trajetória

Da Redação – Fabiana Mendes

30 Abr 2020 - 16:20

Foto: Bruno Antunes

Conquista do Campeonato Brasileiro.

Conquista do Campeonato Brasileiro.

Prestes a completar 14 anos de fundação no dia 30 de abril, o Cuiabá Arsenal tem muita história para contar. Os primeiros passos foram dados em 2002, quando seu antigo presidente, Orlando Ferreira Junior, voltou de uma experiência com a NFL, nos EAU, e conseguiu ingressos para acompanhar Denver Broncos vs 49ers, em São Francisco.

Leia mais:
Federação de Futebol irá repassar dinheiro da CBF para ajudar times de Mato Grosso

O interesse pelo esporte ficou tão grande, que além de uma bola oval, ele trouxe para o Brasil mais curiosidade, que no mesmo ano, lhe fez pesquisar sobre o esporte e suas vertentes, para reunir depois, amigos para uma partida de Flag Football, que daria início à uma série de treinos.
 
“Reuni o pessoal, e no lugar das flags usamos meiões de futebol e para marcar o campo usamos cordas. O jogo foi hilário, já que ninguém conhecia regras, técnicas ou táticas do esporte. Aquela partida inicial me motivou a prosseguir.”, contou em seu blog.
 
Nos três anos seguintes, eles continuaram com a prática do Flag Football, se aventurando pelas modalidades de contato 7x7 e 8x8.
 
Cuiabá Gators foi o primeiro nome que o time recebeu. Ele veio como inspiração do Floripa Gators, e estampou em seus atletas no primeiro jogo que eles tiveram, contra o Time do Terror, no dia 20 de março de 2005. O primeiro nem chegou a ser concluído por problemas de iluminação no campo e a lesão no punho de um dos jogadores. Com isso, ficou combinado que a partida acabaria outro dia, o que não aconteceu. Então se considera vitória do Cuiabá Gators 12x7.
 
Cuiabá Engineers
 
Em 2006 o nome mudou devido à chegada de estudantes da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), que resolveram dar uma chance para o futebol americano. Com mais gente, a prática do esporte ficou mais “fácil”, e eles conseguiram se desvencilhar do flag para montar o time com as posições originais do futebol americano.
 
“Com essa turma toda os jogos ficaram bem mais competitivos e agitados. Chegávamos a ter 2 times em campo e outros 2 esperando. Era a hora de organizarmos a nossa primeira competição.”, contou.
 
Primeiro torneio
 
Foi tudo decidido em uma comunidade do Orkut, Orlando postou seu desejo de realizar um campeonato e por lá, decidiram que o após quatro anos, ele finalmente ocorreria. Para tudo ser realizado de forma justa, decidiu-se que os quatro times participantes seriam feitos em forma de draft.
 
Dessa forma, após as inscrições dos atletas surgiram os times Cuiabá Gators, Cuiabá Heat, Cuiabá Fire e Cuiabá Engineers. Vitória final para Cuiabá Gators!
 
Uma curiosidade sobre esse campeonato, é que ali, alguns atletas que estavam lá, até hoje fazem parte do elenco. Um exemplo disso é o LB Igor Mota, que coordenou o Cuiabá Heat. Ao conversar com o atleta ele relembrou um pouco dessa experiência, e nos contou como isso foi importante para o início da sua carreira no esporte.
 
“Lances duvidosos, empurra empurra, e o Gators venceu... não me lembro o placar… Época em que a maioria tinha que jogar várias posições... Os treinos antes dos times foram um pouco antes dos jogos... ia cada time pro seu canto escondido ensaiar as jogadas… Foi legal demais!”
 
30 de abril de 2006 surge o nome que o time carrega até hoje. Cuiabá Arsenal foi escolhido devido ao Arsenal de Guerra, prédio histórico de Cuiabá que hoje é um centro cultural sob administração do SESC. Pelo mesmo motivo, a primeira logomarca do time vem com canhões estampados em um verde camuflado. Curiosidade é que, por pouco, o time não fica com o nome Cuiabá Pantaneiros. 
 
Após essa mudança, o time iniciou um crescimento constante. Em 2007 conquistou o título do primeiro Pantanal Bowl, a competição de futebol americano interestadual sediado na cidade brasileira de Cuiabá. Viajou para Samambaia - DF em seu primeiro campeonato oficial, o Torneio Capital de Futebol Americano, com os times Tubarões do Cerrado, Ipanema Tatuís e Federais, onde ficou em segundo lugar com duas vitórias e uma derrota.
 
No ano seguinte, o time levou o troféu de campeão do mesmo campeonato. Ainda em 2008, o time também foi campeão do Sorocaba Bowl. Em 2009, foi a vez de conquistar mais uma vez o Pantanal Bowl, e a divisão Oeste do Torneio Touchdown. Em 2010, a vitória veio na Liga Brasileira de Futebol Americano na Conferência Centro Norte. Naquele mesmo ano, veio o primeiro campeonato brasileiro com a LBFA, na final o Cuiabá Arsenal venceu o Coritiba Crocodiles com um placar folgado de 49x21.
 
Já em 2012, com a constante evolução do time, eles chegaram ao título da conferência Central do Campeonato Brasileiro, que os levou para mais um título brasileiro. Novamente a disputa foi contra o Coritiba Crocodiles com um placar de 31x23. Em 2014, outro título do Pantanal Bowl. Em 2015 surge o Campeonato mato-grossense de futebol americano, onde o Cuiabá Arsenal foi campeão. Também em 2015, o time masculino de Flag Football conquistou o campeonato brasileiro, em Goiânia.
 
No ano seguinte, novamente o time levou o título de campeão mato-grossense.
 
No dia 10 de julho de 2018 o time troca de presidente e entra na direção Denevaldo Barbosa Jr. Aquele foi um ano importante para o time, intitulado “reformulação”.
 
“Este foi um ano de reestruturação para o Cuiabá Arsenal. Buscamos recuperar nossa credibilidade frente aos parceiros, e buscamos nos aproximar mais dos atletas, ex-atletas e torcedores, buscando oferecer a oportunidade de vivenciar o futebol americano e participar do desenvolvimento da modalidade, sem deixar de fazer as ações sociais que sempre realizamos e apoiamos.”, nos contou Denevaldo.
 
Logo após, em 2019 consagrou-se tricampeão mato-grossense. Atualmente, o aniversariante está com os jogos adiados devido a pandemia do covid-19, mas está inscrito no campeonato mato-grossense e na Liga BFA Elite, o campeonato brasileiro.
 
Além desses desafios e títulos, o time sempre compreendeu a necessidade de buscar mais conhecimento. Por esse motivo, amistosos e jogos como a disputa internacional da Seleção Mato-grossense contra a Seleção Uruguaia. Nesse jogo, treze atletas eram do Cuiabá Arsenal, e contribuíram para a conquista da vitória de 14x9.
 
Clínicas de aprendizado com atletas estrangeiros, como KJ, que futuramente tornou-se Head Coach do time. E a mais recente conquista: levar dez atletas para uma experiência nos Estados Unidos, onde puderam ter contato com atletas do Miami Dolphins, time que atualmente, tem como contratado Duzão, atleta brasileiro com grande passagem pelo Cuiabá Arsenal.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet