Olhar Direto

Notícias / Cidades

Grande Cristo é região com maior número de casos do coronavírus em VG

Da Redação - Wesley Santiago

21 Mai 2020 - 10:23

Foto: Reprodução/Ilustração

Grande Cristo é região com maior número de casos do coronavírus em VG
Três bairros da Região do Cristo Rei são os que têm a maior concentração de pessoas infectadas pelo novo coronavírus em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá). Os números consta no último boletim epidemiológico, divulgado pela prefeitura. Na quarta-feira (20), Mato Grosso registrou 1.090 casos confirmados da Covid-19.

Leia mais:
Em Cuiabá, 80 bairros têm registro de casos do novo coronavírus; Jardim Imperial lidera
 
Nos bairros Cristo Rei, Construmat e Parque do Lago corresponde à região do Cristo Rei, foram confirmados 13 casos de coronavírus. Além destes, também há registros no seguintes locais: Nova Esperança; Mapim; Jardim dos Estados; Santa Isabel; São Mateus; Costa Verde; Canelas; Jardim Glória; J.C. Guimarães; Jardim Glória; Nova Várzea Grande; Centro e Vinte e Três de Setembro. Os dados são referentes ao dia 30 de abril.
 
Cuiabá
 
Em uma semana, sete novos bairros registraram casos do novo coronavírus (Covid-19) em Cuiabá. Agora, a doença já se espalha para 80, de acordo com o último boletim divulgado pela Prefeitura em parceria com o departamento de Geografia da Universidade Federal de Mato Grosso.
 
No mapa divulgado, é possível verificar que a localidade mais afetada é o Jardim Imperial, seguido de diversos outros bairros com quantidades semelhantes, como Jardim Vitória, Alvorada, Jardim Gramado e Dom Aquino. Até sábado (16), quando os números foram contabilizados, havia 265 casos na capital, e 21 deles não foram sistematizados (distribuídos por bairros) até a divulgação do documento.
 
Mato Grosso
 
A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta quarta-feira (20.05), 1.090 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 32 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.
 
Os casos confirmados estão em Cuiabá (334), Rondonópolis (99), Várzea Grande (94), Barra do Garças (61), Primavera do Leste (44), Lucas do Rio Verde (41), Tangará da Serra (40), Sinop (32), Sorriso (31), Rosário Oeste (30), Confresa (26), Peixoto de Azevedo (20), Cáceres (19), Nova Mutum (17), Jaciara (17), Querência (14), Alta Floresta (10), Tapurah (9), Pontes e Lacerda (9), Mirassol D’Oeste (8), Jangada (7), Chapada dos Guimarães (7), São Pedro da Cipa (6),  São José dos Quatro Marcos (6), Vila Rica (5), Aripuanã (5), Pontal do Araguaia (4), Curvelândia (4), Campo Verde (4), Poconé (3), Nova Ubiratã (3), Nova Lacerda (3), Ipiranga do Norte (3), Guarantã do Norte (3), Conquista  D’Oeste (3), Campo Novo do Parecis (3), Água Boa (3), Vila Bela da Santíssima Trindade (2), Vale de São Domingos (2), Rondolândia (2), Rio Branco (2), Poxoréo (2), Juscimeira (2), Cotriguaçu (2), Canarana (2), Alto Araguaia (2), Acorizal (2), União do Sul (1), Sapezal (1), São José do Xingu (1), São José do Povo (1), São Felix do Araguaia (1), Santo Antônio de Leverger (1), Santa Rita do Trivelato (1), Ribeirão Cascalheira (1), Porto Alegre do Norte (1), Ponte Branca (1), Novo Mundo (1), Nova Xavantina (1), Nova Olímpia (1), Nova Monte Verde (1), Nossa Senhora do Livramento (1), Nobres (1), Lambari D’Oeste (1), Jauru (1), Campos de Júlio (1), Bom Jesus do Araguaia (1), Alto Paraguai (1), Alto Garças (1), Alto Boa Vista (1), e residentes de outros Estados (21).
 
Dos 1.090 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 581 estão em isolamento domiciliar e 388 estão recuperados. Há ainda 89 pacientes hospitalizados, sendo 48 em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 41 em enfermaria.
 
No boletim, a SES também divulga que a rede do Sistema Único de Saúde (SUS) dispõe, atualmente, de 270 leitos de UTI e 880 leitos de enfermaria especificamente para pacientes com coronavírus no Estado – sendo que esses dados já incluem os novos leitos do Hospital Metropolitano.

6 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Gigi
    22 Mai 2020 às 12:09

    O povo não usa máscara, se aglomeram, tão colhendo o que plantam.

  • Dejamir Soares
    22 Mai 2020 às 06:27

    Vai morrer muita gente. Não usam máscaras, vivem aglomeradas...todo dia venho trabalhar no hospital metropolitano e todo dia vejo a mesma cena da população do Cristo Rei.

  • Ana Mello
    21 Mai 2020 às 17:16

    Em Varzea Grande as pessoas se aglomeravam em lanchonetes e bares sem mascaras. Casei de passar de carro e ver como se nada estivesse acontecendo. E o pior, lotado! Agora vem as consequências...

  • Trabalhador
    21 Mai 2020 às 15:59

    Fiscalização em distribuidora de bebidas final de semana lotado por favor fiscalização nas ruas precisam ter responsabilidade.

  • Curioso
    21 Mai 2020 às 14:26

    Parece terra sem lei

  • Juscelino Alves Ferreira
    21 Mai 2020 às 11:29

    Nessa região, não estão seguindo as recomendações, não a fiscalização pelo poder público, a falta de água, muito lixo devido a coleta não ser feita regularmente, esgoto jogado na rua!