Olhar Direto

Segunda-feira, 01 de junho de 2020

Notícias / Cidades

Morta por coronavírus nesta madrugada, idosa tinha diabetes e doença renal

Da Redação - Wesley Santiago

22 Mai 2020 - 11:00

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Morta por coronavírus nesta madrugada, idosa tinha diabetes e doença renal
A moradora de Curvelândia, uma das duas vítimas do novo coronavírus nesta madrugada em Mato Grosso, tinha 71 anos. A paciente ficou internada em unidade de saúde por quase um mês e perdeu a guerra contra a doença nesta sexta-feira (22). Ao todo, o Estado confirmou até às 11 horas de hoje 36 mortes em decorrência da Covid-19.

Leia mais:
Morrem mais duas vítimas de coronavírus em Mato Grosso; número sobe para 36

Moradora antiga da cidade, a idosa de 71 anos tinha diabetes e doença renal, o que a encaixava em três grupos de risco diferentes. Ao todo, foram aproximadamente 75 dias lutando pela vida em uma unidade de saúde. Ela morreu no Hospital São Luiz de Cáceres, para onde havia sido transferida.
 
O prefeito da cidade, Sidinei Custódio, lamentou o fato: “Era uma moradora de família antiga na cidade. Infelizmente, lamentamos o fato e continuamos pedindo para que todos se cuidem e se protejam”, disse ao Olhar Direto.
 
Além da idosa, Mato Grosso também registrou outra morte nesta madrugada. Trata-se de um morador de Juína, que estava internado no Hospital Metropolitana, em Várzea Grande. Até a publicação desta matéria, os detalhes quanto ao seu quadro de saúde não haviam sido divulgados.
 
Levantamento feito pelo Olhar Direto mostra que a maioria das mortes do Estado foram de pacientes com hipertensão e/ou diabetes.
 
O Laboratório Central do Estado (Lacen/MT) recebeu, das 17 horas da última quinta-feira (21), até às 10 horas desta sexta-feira (22), 500 amostras que serão testadas para o novo coronavírus. A demanda tem crescido assustadoramente nos últimos dias, já que, no começo, eram 70 amostras por dia. Até ontem, Mato Grosso tinha 1.187 casos confirmados da Covid-19.
 
Em entrevista exclusiva ao Olhar Direto, a diretora do Lacen, Elaine Cristina de Oliveira, disse que no período de 19 horas, 500 amostras chegaram para serem testadas na unidade. “A demanda iniciou com 70 amostras dias, depois, ao longo dos dias, subiu para 100, 150 e das 17 horas de quinta-feira, até às 10 horas desta sexta, foram 500”.
 
Com isto, Mato Grosso poderá, novamente, bater recorde no número de infectados em 24 horas.
 
A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta quinta-feira (21.05), 1.187 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso.
 
Os casos confirmados estão em Cuiabá (380), Várzea Grande (108), Rondonópolis (100), Barra do Garças (61), Primavera do Leste (47), Tangará da Serra (43), Lucas do Rio Verde (41), Sinop (32), Sorriso (31), Rosário Oeste (31), Confresa (26), Peixoto de Azevedo (21), Jaciara (20), Cáceres (19), Nova Mutum (17), Querência (14), Alta Floresta (10), Tapurah (9), Mirassol D’Oeste (9), Pontes e Lacerda (8), Jangada (7), Chapada dos Guimarães (7), Campo Verde (7), Alto Araguaia (7), Vila Rica (6), São Pedro da Cipa (6), São José dos Quatro Marcos (6), Aripuanã (5), Nova Ubiratã (5), Pontal do Araguaia (4), Matupá (4), Curvelândia (4), Rio Branco (3), Poconé (3), Nova Lacerda (3), Ipiranga do Norte (3), Guarantã do Norte (3), Conquista  D’Oeste (3), Campo Novo do Parecis (3), Água Boa (3), Acorizal (3), Vila Bela da Santíssima Trindade (2), Vale de São Domingos (2), Rondolândia (2), Poxoréo (2), Juscimeira (2), Dom Aquino (2), Cotriguaçu (2), Canarana (2), União do Sul (1), Sapezal (1), São José do Xingu (1), São José do Povo (1), São Felix do Araguaia (1), Santo Antônio de Leverger (1), Santa Rita do Trivelato (1), Ribeirão Cascalheira (1), Porto Alegre do Norte (1), Ponte Branca (1), Pedra Preta (1), Novo Mundo (1), Nova Xavantina (1), Nova Olímpia (1), Nova Monte Verde (1), Nossa Senhora do Livramento (1), Nobres (1), Lambari D’Oeste (1), Jauru (1), Colíder (1), Campos de Júlio (1), Bom Jesus do Araguaia (1), Alto Paraguai (1), Alto Garças (1), Alto Boa Vista (1), e residentes de outros Estados (24).
 
Dos 1.187 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 626 estão em isolamento domiciliar e 428 estão recuperados. Há ainda 99 pacientes hospitalizados, sendo 52 em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 47 em enfermaria.

2 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Luis Flávio
    22 Mai 2020 às 19:45

    Ela ficou internada por 01 mês, qual o motivo da internação? Foi por causa da diabete ou pela doença renal? por ser do grupo de risco não ficou esclarecido se foi por causa das doenças que já era predispostas ou adquiriu no leito hospitalar. Porque toda morte agora é só pelo covid-19 ou ninguém no país morte por outras doenças.

  • Zeca
    22 Mai 2020 às 11:44

    A lógica é que quem tem comorbidade, deve ficar em casa. Quem não tem, pode continuar suas atividades normais, desde que obedeça as determinações do uso de mascara, lavar as mãos a cada duas horas ou usar álcool gel, entre outros cuidados, para não contrair a doença e/ou contaminar uma pessoa do grupo de risco.

Sitevip Internet