Olhar Direto

Notícias / Cidades

Mulher que morreu de coronavírus era funcionária da Marfrig; 25 testaram positivo

Da Redação - Fabiana Mendes

22 Mai 2020 - 17:00

Foto: Reprodução / Facebook

Mulher que morreu de coronavírus era funcionária da Marfrig; 25 testaram positivo
Funcionária do setor de desossa da Marfrig, Maria Neta Santos, de 38 anos, morreu nesta sexta-feira (22), em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá), após contrair o novo coronavírus. Ela era obesa, sofria de hipertensão e diabetes. O frigorífico teve 25 funcionários infectados pela Covid-19.

Leia mais:
Secretaria confirma mais uma morte por coronavírus em VG; três em menos de 12 horas no Estado

Maria era da cidade de Vila Bela da Santíssima Trindade, mas atualmente morava em Várzea Grande e estava internada no Hospital Metropolitano. Ela estava de férias desde o dia 4 de maio. A vítima teve contato com alguns familiares, que estão sendo monitorados, sendo que três fizeram o exame, mas testaram negativo.

A Marfrig lamentou a morte da funcionária. Por meio de nota, informou que após a notificação dos trabalhadores infectados, imediatamente, adotou todos os procedimentos estipulados em seu plano de contingência: realizou o inquérito epidemiológico e prontamente afastou de maneira preventiva todos os contactantes diretos e indiretos que estão em isolamento domiciliar.

Adicionalmente a Marfrig disse que está seguindo todas as determinações da vigilância epidemiológica do município que, na quinta-feira passada, dia 14 de maio, fez uma visita a planta e, após análise, aprovou todas as ações feitas e o plano de contingência para a unidade.

Os 11 novos infectados na Marfrig se somam aos 14 casos confirmados anteriormente.

Na manhã desta sexta-feira, Mato Grosso já havia confirmado duas outras mortes, sendo uma em Cáceres (de uma paciente de Curvelândia) e outra em Cuiabá (moradora de Juína). 

Várzea Grande chega a triste marca de seis moradores vítimas da Covid-19, sendo a maior do Estado.
 

13 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Oblacio
    24 Mai 2020 às 09:32

    A praga chinesa não olha industria,pode atingir a todos, especialmente àqueles com problemas de saúde, como o caso dessa funcionária. Mas já repararam que a mídia só acompanha morte em frigoríficos? Faz parte da tentativa deles de colapsar o país, parando a indústria de alimentos,vai ter escassez,briga no supermercado e hiperinflação. Morre gente de tudo que é setor,mas a mídia ataca a indústria de alimentos pra acelerar o caos e a derrubada do primeiro Presidente eleito sem pedir arrego pra Globo. A mídia só pensa nela mesma. Que Deus console essa família.

  • MEMS - LUIZ PEDRO
    24 Mai 2020 às 08:49

    tô mandando para Ângela e você meu nome que eu tô escrevendo para aprender com a Elena também é Maria Elena que eu tô aprendendo as coisas com ela um beijo e te bom para você é mais bom dia.

  • Amanda
    23 Mai 2020 às 23:51

    Se essas medidas que a empresa diz estar realizando fossem procedentes com a realidade, não teria esse aumento nos casos. Isso mostra uma irresponsabilidade total por parte da empresa e a indagação que surge é 25 casos e continua funcionando normalmente?

  • Demiurgo
    23 Mai 2020 às 09:53

    A empresa lamenta pela morte da funcionária, mas segue o baile, no msm dia já tem outra pessoa no lugar...

  • Salomão
    23 Mai 2020 às 04:45

    Bom dia acho q alguns ainda não entendeu mesmo q ela existe mas não está nem aí pq ainda não aconteceu com ele próprio e nem com um dos familiares dele Mais a maioria das empresas grandes são assim vamos trabalhar esse sai outro entra no lugar dele se tá doente encosta ele pelo governo aí se morrer o seguro cobre sempre vai ser assim ....

  • Bozôlandia
    23 Mai 2020 às 00:22

    Marfrig está à virar epicentro covid19 em VG...vergonha para os donos é responsável pelo frigorífico! Oh cadê a prefeita que ingnora toda essa pandemia? cadê o secretário de saúde? cadê o ministério público??? vomos responsábilizar os responsável nesta empresa que visa os lucros é ñ a vida! Vergonha...misericórdia Mato Grosso Varzea Grande.

  • Critico
    22 Mai 2020 às 22:06

    Já INTERDITARAM o FRIGORÍFICO?

  • Marcinho
    22 Mai 2020 às 21:51

    Uai,põe na conta da Prefeita.....dos vereadores....etc..liberou,morreu......

  • DELCIO JANKE
    22 Mai 2020 às 21:13

    Sério?

  • Eita
    22 Mai 2020 às 19:00

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.