Olhar Direto

Terça-feira, 14 de julho de 2020

Notícias / Cidades

Cresce em 500% número de pacientes internados com coronavírus; alta de 427% na ocupação de UTI

Da Redação - Wesley Santiago

25 Mai 2020 - 15:16

Foto: Reprodução/Ilustração

Cresce em 500% número de pacientes internados com coronavírus; alta de 427% na ocupação de UTI
O número de pessoas internadas com coronavírus em Mato Grosso aumentou em 500%, em apenas um mês. O levantamento foi feito pelo Olhar Direto, com base nos dados divulgados pela Secretaria de Estado de Saúde (SES). Além disto, a quantidade de pacientes que foram para Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) cresceu 427%.

Leia mais:
Mortes por coronavírus em Mato Grosso quintuplicam em apenas um mês
 
Em 24 de abril, eram 20 pessoas internadas por conta do novo coronavírus, sendo 11 em leitos de UTI. Porém, no último boletim, de domingo (24), o número subiu para 120 internações, com 58 recebendo tratamento intensivo. A taxa de ocupação das unidades do Serviço Único de Saúde (SES) é de 12,2%.
 
Até às 11 horas desta segunda-feira, (25), foram 41 mortes confirmadas por coronavírus no Estado. No total, a SES já registrou (até domingo), 1.464 infectados pela Covid-19.
 
Os casos confirmados estão em Cuiabá (489), Várzea Grande (124), Rondonópolis (112), Primavera do Leste (71), Tangará da Serra (66), Barra do Garças (65), Lucas do Rio Verde (46), Sorriso (37), Confresa (35), Sinop (34), Rosário Oeste (34), Jaciara (25), Peixoto de Azevedo (21), Cáceres (19), Nova Mutum (18), Pontes e Lacerda (17), Alta Floresta (16), Querência (15),  Mirassol D’Oeste (10), Tapurah (9), Chapada dos Guimarães (9), Campo Verde (9), Vila Rica (7), Jangada (7), Campo Novo do Parecis (7), Aripuanã (7), Alto Araguaia (7), São Pedro da Cipa (6), São José dos Quatro Marcos (6), Sapezal (5), Pontal do Araguaia (5), Nova Ubiratã (5), Juína (5), Ribeirão Cascalheira (4), Matupá (4), Guarantã do Norte (4), Curvelândia (4), Acorizal (4), Rio Branco (3), Poconé (3), Nova Lacerda (3), Nossa Senhora do Livramento (3), Ipiranga do Norte (3), Conquista  D’Oeste (3), Água Boa (3), Vila Bela da Santíssima Trindade (2), Vale de São Domingos (2), Santo Antônio de Leverger (2), Rondolândia (2), Poxoréo (2), Pedra Preta (2), Juscimeira (2), Jauru (2), Dom Aquino (2), Cotriguaçu (2), Colíder (2), Canarana (2), Bom Jesus do Araguaia (2), União do Sul (1), Terra Nova do Norte (1), São José do Xingu (1), São José do Povo (1), São Felix do Araguaia (1), Santa Rita do Trivelato (1), Porto Alegre do Norte (1), Ponte Branca (1), Novo Mundo (1), Nova Xavantina (1), Nova Olímpia (1), Nova Monte Verde (1), Nobres (1), Marcelândia (1), Luciara (1), Lambari D’Oeste (1), Juara (1), Campos de Júlio (1), Alto Paraguai (1), Alto Garças (1), Alto Boa Vista (1), e residentes de outros Estados (28).
 
Nas últimas 24 horas, surgiram 101 novas confirmações em Acorizal (1), Alta Floresta (3), Barra do Garças (3), Campo Verde (1), Chapada dos Guimarães (2), Cuiabá (64), Primavera do Leste (8), Rondonópolis (5), Rosário Oeste (1), Sorriso (3), Tangará da Serra (6) e Várzea Grande (4).
 
Considerando o número total de casos em Mato Grosso, 50,3% dos diagnosticados são do sexo feminino e 49,7% masculino; além disso, 427 pacientes têm faixa-etária entre 31 a 40 anos.

9 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • porte.atletico
    26 Mai 2020 às 08:19

    gente, esse negocio de virús não existe, isso tudo é coisa criada pelo oposição para derrubar o nosso presidente, é coisa de comunista, socialista, terroristas, e outros istas, até cachorro morrendo entra na estatistica de covid, esse negocio de usar mascara, alcool em gel, é só para beneficiar empresas de comunistas, vamos parar de usar isso, gripezinha não derruba ninguem. Nos manifestos vcs acham que ficamos passando alquinho nas mâos, usar mascara nem pensar, quem usa mascara é bandido.

  • Aguinaldo Barbosa dos Santos
    25 Mai 2020 às 20:39

    PARABÉNS, VOCÊ FALOU TUDO Antonio Assis Título da matéria totalmente sensacionalista, tipico de quem quer chamar a atenção, como se fosse o caos. Colocam aumento de 500%, mas na matéria a taxa de ocupação é de 12%. Não seria mais pratico colocar o Título da matéria como taxa de ocupação é de 12%, ou seja, uma das menores do País, pois assim traz tranquilidade ao povo. Mas pelo visto a patria educadora do jornalismo é pelo caos, quanto pior melhor. Ta parecendo outra noticia que li onde o texto dizia que uma determinada cidade os casos de covid aumentou em 100%, ou seja, o caos tinha instalado na cidade, ai fui ler a matéria, tinha passado de 1 para 2 casos. Depois reclamam que a mídia tem perdido credibilidade e não sabem o pôr que´´.

  • Médico do PSF
    25 Mai 2020 às 19:48

    Ótima matéria, é o que tenho visto. O número de casos em MT está dobrando a cada 11 dias. Sem testes suficientes a gente tem que olhar a ocupação em UTI e enfermarias. As mortes são o último número a crescer e último a cair (após passar o pico). Resumindo: pelo que temos visto em Cuiabá estamos longe de ter situação confortável. Se não tivessem aberto leitos de UTI exclusivos para covid19, 2 meses atrás já estaríamos com 60% de ocupação.

  • Curimbatá
    25 Mai 2020 às 19:04

    Curei mamãe só com sao caetano gengibre e alho... e limão de suco.... quem precisar de sao caetano me avise. É d graça

  • Marcos
    25 Mai 2020 às 18:52

    Ba le la ....conversa fiada e terrorrista!!

  • maria
    25 Mai 2020 às 17:55

    por tudo isso tem mesmo que ficar em casa, senão quiser morrer pelo virus.

  • Ludovique
    25 Mai 2020 às 17:48

    Ainda quer abri shoppeng

  • Antonio Assis
    25 Mai 2020 às 17:04

    Título da matéria totalmente sensacionalista, tipico de quem quer chamar a atenção, como se fosse o caos. Colocam aumento de 500%, mas na matéria a taxa de ocupação é de 12%. Não seria mais pratico colocar o Título da matéria como taxa de ocupação é de 12%, ou seja, uma das menores do País, pois assim traz tranquilidade ao povo. Mas pelo visto a patria educadora do jornalismo é pelo caos, quanto pior melhor. Ta parecendo outra noticia que li onde o texto dizia que uma determinada cidade os casos de covid aumentou em 100%, ou seja, o caos tinha instalado na cidade, ai fui ler a matéria, tinha passado de 1 para 2 casos. Depois reclamam que a mídia tem perdido credibilidade e não sabem o pôr que.

  • Juca
    25 Mai 2020 às 16:56

    Esse vírus fez milagre para a turma que gosta de gritar FIQUEM EM CASA, pois parece que com o vírus o pobre deixou ser pobre, a favela deixou de ser favela e comunidade deixou de ser comunidade, parece que agora todos podem viver em suas belas mansões, triplex, condomínio fechado, pedindo comida, queijo e vinhos importados por delivery e assistindo TV paga em casa sem trabalhar.

Sitevip Internet