Olhar Direto

Notícias / Cidades

SES negou UTI a idosa de 81 anos vítima da Covid-19, afirma Várzea Grande

Da Redação - Max Aguiar

30 Mai 2020 - 08:30

Foto: Reprodução

SES negou UTI a idosa de 81 anos vítima da Covid-19, afirma Várzea Grande
A 11ª vítima da Covid-19 no município de Várzea Grande, a idosa Antônia Nunes, 81 anos, chegou a dar entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Ipase, no dia 25 de maio, com todos os sintomas do coronavírus. Porém, segundo a administração de VG, a Secretaria Estadual de Saúde negou uma vaga de UTI para que ela pudesse se tratar. 

Leia mais:
Liminar proíbe excursões para o Parque Estadual Serra de Ricardo Franco


Por meio de nota, o Comitê de Enfrentamento ao Novo Coronavírus de Várzea Grande acusa a Central de Regulação do Estado, sob responsabilidade da Secretaria Estadual de Saúde, de ter recusado a paciente no início da semana, mesmo ela estando em estado considerado "gravíssimo" e avaliada com o sintomas da doença, por não ter exame da covid. 

Segundo a prefeitura de Várzea Grande, Antônia Nunes deu entrada na unidade, no dia 24 de maio, apresentando fraqueza, pele azulada, palidez, sonolência, hiperglicemia, hipotermia, apatia, com as extremidades frias e dificuldade de respiração.

"No dia 25 de maio, quando houve piora do quadro, mesmo com avaliação clínica para Covid-19, a solicitação para UTI foi recusada pela Central de Regulação, por não ter exame que confirmasse a doença, cujo resultado só ficou pronto na data de hoje, 29 de maio, três dias após o óbito", diz trecho da nota.

De acordo com a nota oficial, a paciente, que era moradora do bairro Costa Verde, deu entrada na mesma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da paciente Maria Dorotéia Mendes, de 61 anos, cujo óbito também foi registrado ontem pelo município. As duas idosas foram atendidas inicialmente na UPA Ipase.

A prefeitura assegura que o fato ocorreu na data de 25 de maio com a 10ª vitima, Maria Dorotéia Mendes, que veio a óbito no próprio dia 25, mas só teve o registro divulgado na quinta, mediante resultado de exame. Segundo a gestão municipal, Maria Dorotéia também teve a solicitação recusada pela Central de Regulação por não ter confirmação laboratorial para Covid-19.

Várzea Grande segue, pelo 3º dia consecutivo, líder em óbitos em Mato Grosso. Segundo dados do último boletim da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), na noite dessa sexta-feira (29), o município registrou 218 casos dos 2.262 notificados no Estado.

Outro lado

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) esclarece que a referida conduta para internação de pacientes com coronavírus não condiz com os protocolos técnicos seguidos pelas unidades estaduais. Para a Central de Regulação apurar os fatos, é necessária uma análise individual dos casos e não é possível fazer a checagem do sistema sem o número do Cartão Nacional do SUS (CNS) dos pacientes.

21 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • António Lorenzo Babescob
    26 Jun 2020 às 07:20

    Estou diagnosticado com a doença , minha esposa e eu . No primeiro momento fomos ao P.A. Havia quatro pessoas em estadodeploravel do ladode fora ....as atendentes justificaram que nao fariam nen ficha , pois nao tinham meduco , medicação e ja tinham quatro entubados la dentro Nso estao dando a menor atençso..... Fiz o que pude através de recurso proprio. A aziteomicina , só pagando agio de até $1500,00

  • Lucy Borges
    31 Mai 2020 às 19:25

    Que absurdo é esse nessa central de regulação gente!?? Como assim!?? Se os médicos disseram da urgência de UTI não importa o que era, se era covid ou era sei lá o que, infarto por exemplo, o que importa é que essas pessoas tinham que ser atendidas!! O governo do estado precisa olhar isso direito, porque se é parente minha eu ia botar pra quebrar pra cima desse povo critinuuu!! Não importa se são pessoas de Cuiabá ou Varzea Grande ou qualquer outro município, os hospitais de referência assim como toda rede de saúde, foram construídos com dinheiro público! Público gente, nosso dinheiro, arrecadado do que pagamos de impostos em tudo que consumimos, só de luz o governo tira de cada um de nós 70% de impostos, paraaaa!!! A gente paga por isso tudo, não é nem do governador nem da prefeita, é nosso, por isso precisamos nos unir e deixar de picuinha, esse povo faz o que quer e bem entende com nosso dinheiro.

  • Renat
    31 Mai 2020 às 08:55

    Se várzea grande tivesse feito a lição de casa e preparado mais leitos de uti para o covid, não estaria assim, pois é município independente e com capacidade de investimento próprio, abriu o comércio por que precisava dO shopping aberto que pertente a família da prefeita, se vai morrer pessoas a prefeita tem culpa por que ja tinha dado tempo de abrir leitos de uti, e não precisar do estado, que sem dúvida ia enviar para ocupar leitos de uti para covid em Cuiabá o que não e certo com Cuiabá

  • Jc
    30 Mai 2020 às 19:06

    Antes de ficarem jogando a culpa vão em uma Upa..Eu estava resfriado e dor de cabeça insuportável fui na Upa do Cristo Rei a nova fiquei 04hs esperando e nada..Tive que recorrer atendimento em uma farmácia particular e gastar o que não tinha..Se ficasse lá na Upa ia levar uma 10hs para ser atendido e talves nem estava postando este comentário VG na área de Saúde e péssimo...

  • Claudinei
    30 Mai 2020 às 18:16

    Nada justifica chama nos de vg de grileiro respeito muito os cuiabanos más vc passou do limite ....????????

  • Rosalina
    30 Mai 2020 às 18:01

    Independente de resultado de exame. Ela precisava de Uti mesmo que fosse outras doenças.

  • Erica
    30 Mai 2020 às 16:59

    Gente, precisamos saber onde estes idosos estao se contaminando, se é com visitas de parentes ou estao sozinhos, sendo obrigados a sair nas ruas, preocupante estes casos, será que ninguem se manifesta para saber onde estao sendo contaminados??? Bairro MAPIM esta sendo muito citado com mortes de covid-19.

  • Edivaldo Souto
    30 Mai 2020 às 14:56

    Que...culpa..tem,a..Prefeitura,NHENHUMA...aculpa´.é,doGoverno..deMT

  • Limite VG
    30 Mai 2020 às 13:40

    Culpa da Lucimar que abriu comércio.

  • parasita
    30 Mai 2020 às 11:41

    Secretario de saúde Gilberto e um grande irresponsável e incoerente, saí na mídia falando para ficar em isolamento e está executando obras de reforma na secretaria de saúde do estado com grande aglomeração de pessoas, ficando aberto das 7:00h âs 19:00h e os servidores impedidos de tirar férias ou licenças que tem direito. Também está guardando várias ambulâncias no estacionamento, somente esperando definição das eleições para fazer a distribuição e a campanha.

Sitevip Internet