Olhar Direto

Terça-feira, 14 de julho de 2020

Notícias / Cidades

UFMT disponibiliza recurso para que alunos retornem da Colômbia para o Brasil

Da Redação - Fabiana Mendes

01 Jun 2020 - 16:48

Foto: Reprodução

UFMT disponibiliza recurso para que alunos retornem da Colômbia para o Brasil
A Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) informou que custeará parte do voo dos estudantes em mobilidade internacional na Colômbia. Ele sairá de Bogotá e chegará a São Paulo na quinta-feira (04). O retorno à Cuiabá está previsto para acontecer no dia seguinte. A ação é realizada por meio da Secretaria de Relações Internacionais (SECRI) a partir do chamamento realizado pela Embaixada do Brasil na Colômbia.

Leia mais:
Estudantes de MT "presos" na Colômbia enviam carta à embaixada pedindo repatriação

“A UFMT já havia tomado providências ao disponibilizar bolsas emergenciais para a manutenção dos estudantes na Colômbia. Felizmente houve essa possibilidade do voo de retorno e a Universidade, de pronto, definiu que vai ajudar no custo das passagens para que todos os estudantes voltem”, afirma o reitor da UFMT, professor Evandro Soares da Silva.

Segundo o secretário de Relações Internacionais, professor Lucas Sousa, a embaixada encaminhou o aviso do voo especial na sexta-feira (29), à noite. "Desde então, toda a equipe da SECRI e da Administração Superior vem se mobilizando, atendendo os estudantes e na manhã desta segunda-feira (01) o reitor formalizou a liberação do recurso para a execução da atividade", aponta. “Vários agentes públicos, parlamentares e até a Assembleia Legislativa de Mato Grosso foram acionados para auxiliar na articulação do retorno. Porém, devido ao curto prazo, a decisão foi tomada pela reitoria, mas a sensibilidade demonstrada pelos agentes públicos consultados me dá a certeza que a sociedade auxiliará a UFMT sempre que necessário”, completa.

O secretário conta ainda que a embaixada deu um prazo de até domingo (31), meio-dia, para a confirmação dos nomes dos brasileiros retidos na Colômbia. "Só poderá voar quem estava informado às embaixadas, que foi a nossa orientação para todos os nossos estudantes", completa o docente.

Os recursos serão depositados diretamente na conta dos estudantes que estão em mobilidade. Na semana passada, a UFMT já havia disponibilizado uma bolsa emergencial à estudantes na Colômbia. "Isso, no entanto, não conclui nosso trabalho. Conseguimos auxiliar na repatriação de mais sete estudantes em mobilidade, totalizando 18 regressos até o momento. Ainda temos 36 discentes e eles contarão com nosso apoio, como foi feito desde o primeiro momento da pandemia", finaliza o secretário.

4 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • antonio da silva
    02 Jun 2020 às 10:39

    Esses estudantes devem devolver para o Estado esse dinheiro.

  • Gu
    02 Jun 2020 às 10:00

    Marta, ninguem foi fazer turismo. Gostaria de saber se voce tambem ficou com essa revolta quando um certo policito gastou quase 500 mil reais pra trocar as cortinas do palacio dele, tudo isso com o dinheiro publico? Certeza que seu sonho era estudar na ufmt, mas nao conseguiu passar e por isso a revolta!!!

  • Pc
    01 Jun 2020 às 19:30

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Marta Rocha CPA 2
    01 Jun 2020 às 17:27

    Dinheiro de nossos impostos para estudantes coxinhas fzzer turismo. Tem que privatizar esse antro da UFMt

Sitevip Internet