Olhar Direto

Sexta-feira, 10 de julho de 2020

Notícias / Política MT

Ministério da Saúde libera mais R$ 18,6 milhões para hospitais filantrópicos em MT

Da Redação - Bruna Bom

02 Jun 2020 - 17:25

Foto: O Globo

General Eduardo Pazuello é ministro interino da Saúde

General Eduardo Pazuello é ministro interino da Saúde

O Ministério da Saúde liberou na segunda-feira (1) a segunda parcela do auxílio financeiro emergencial às santas casas e hospitais filantrópicos sem fins lucrativos. Os recursos fazem parte dos R$ 2 bilhões de ajuda aprovada pelo Congresso Nacional, destinados ao combate à pandemia do coronavírus. Ao todo, foram depositados R$ 18,6 milhões para 21 unidades hospitalares, beneficiando 18 municípios de Mato Grosso.

Leia mais:
Mais de 100 unidades de saúde não têm plano de contingência em caso de afastamento de enfermeiros

Ao todo, são beneficiados com essa ação emergencial 17 unidades sem fins lucrativos em 14 municípios do Estado, que participam de forma complementar do Sistema Único de Saúde (SUS). Na semana passada, o Ministério já havia liberado R$ 3,1 milhões para Mato Grosso. O projeto de lei que deu origem ao auxílio emergencial havia sido aprovado no Senado no dia 31 de março e 19 de abril pela Câmara.

Nesse segundo repasse, serão beneficiados em Cuiabá o Hospital Santa Helena, com R$ 1,8 milhão; Hospital do Câncer, com R$ 1,1 milhão; e Hospital Geral, com R$ 2,8 milhões. Em Rondonópolis serão duas unidades: Associação Beneficente Paulo de Tarso, com R$ 871 mil; e Santa Casa de Misericórdia, com R$ 2,1 milhões.

Outros beneficiados são: Hospital São Luiz, de Cáceres (R$ 1.127 milhão); Centro Hospitalar Parecis, de Campo Novo (R$ 953 mil); Hospital Municipal Coração de Jesus, de Campo Verde (R$ 433 mil), Hospital Nilza Oliveira Pipino, de Claudia (R$ 223 mil); Hospital São João Batista, de Diamantino (R$ 648 mil); Hospital Bom Jesus, de Dom Aquino (R$ 145 mil); Hospital de Jauru, em Jauru (R$ 94 mil); Hospital São Lucas, de Lucas do Rio Verde (R$ 1.132 mil), Hospital Evangélico, de Vila Bela (R$ 428 mil) e Hospital Municipal de Nova Mutum (R$ 586 mil).

Completam a lista: Hospital Geral de Poconé, R$ 594 mil; Hospital Vale do Guaporé, R$ 699 mil; Hospital São João Batista, de Poxoréu, R$ 485 mil; Hospital Amparo, de Rosário Oeste, R$ 677 mil; Hospital Santa Marcelina de Sapezal, R$ 578 mil; Hospital Santo Antônio de Sinop, R$ 1,013 milhão; Hospital e Assistência de Sorriso, R$ 10 mil.  

5 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • josé de souza
    02 Jun 2020 às 18:41

    ME DESCULPE GOVERNADOR MAURO MENDES, PELO MENOS TÁ NA LISTA, POR ESQUANTO VAMOS AGRADECER AO SENHOR

  • josé de souza
    02 Jun 2020 às 18:39

    GOVERNADOR MAURO, COM TODO RESPEITO, NÃO VINADA PARA MINHA QUERIDA TERRA NATAL, A CIDADE DE DOM AQUINO, FICA LÁ NO VALE DO SÃO LOURENÇO, NADA, NADA, NADA

  • Patrícia R pedra preta
    02 Jun 2020 às 18:39

    Pergunta pra que hospital do câncer tá pedindo doações online se tá recebendo tanto dinheiro?

  • Luma pedra 90
    02 Jun 2020 às 18:38

    Dinheirama dessa e hospital do câncer vêm ainda pedir doações online. Têm que investigar esse hospital do câncer. Tá virando uma Santa Casa.

  • Moacir
    02 Jun 2020 às 18:02

    Filantropia com dinheiro público??

Sitevip Internet