Olhar Direto

Segunda-feira, 12 de abril de 2021

Notícias / Esportes

Dentro de campo

No aguardo de flexibilização, Campeonato Mato-grossense pode ser encerrado só no fim do ano

Da Redação - Wesley Santiago

10 Jun 2020 - 10:25

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

No aguardo de flexibilização, Campeonato Mato-grossense pode ser encerrado só no fim do ano
O Campeonato Mato-grossense de 2020, paralisado faltando 14 partidas para que o campeão seja conhecido, poderá ser estendido até o fim do ano. Por enquanto, a Federação Mato-grossense de Futebol (FMF) aguarda a flexibilização das medidas de isolamento e a liberação das praças esportivas no Estado. A intenção é terminar a competição dentro de campo, já que além do vencedor, é preciso definir também quem irá garantir vagas na Copa do Brasil e Série D do Brasileirão.

Leia mais:
Mixto comemora 86 anos; médico do time conta que se tornou ortopedista para trabalhar no clube
 
“Precisamos de uma flexibilização ou liberação das entidades públicas. Além do Governo do Estado, ainda têm sete municípios que precisam da flexibilização. Não dá para prevermos uma volta enquanto esta situação continuar. O uso das praças esportivas, como Arena Pantanal, segue vetado”, disse ao Olhar Direto o diretor de competições da FMF, Diogo Carvalho.
 
A federação segue acompanhando o avanço da pandemia e entende que os casos ainda continuam a aumentar pelo Estado. Mesmo assim, as conversas com as prefeituras seguem mantidas, na expectativa de que uma data para o retorno seja definida.
 
Até agora, 76% do campeonato foi disputado, restando 14 partidas (oito das quartas de final; quatro das semis e duas da final). “Como ainda resta pouco, prevemos que conseguimos terminar dentro de campo. Não temos pressa, pode terminar até o fim do ano. Não precisa de agilidade neste momento”, disse Diogo.
 
Ainda conforme o diretor de competições, a decisão dentro de campo é importante também por conta das indicações de vagas para a Copa do Brasil e Série D do Campeonato Brasileiro de 2021. “É importante para que não vire mera especulação de quem poderá ficar com a indicação”.
 
“Iremos voltar assim que tiver a autorização das autoridades de saúde e sempre prezando pela saúde de todos os envolvidos”, completou Diogo Carvalho. Por enquanto, segue descartada a possibilidade de se realizar todos os jogos em uma sede única, como a Arena Pantanal.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet