Olhar Direto

Terça-feira, 11 de agosto de 2020

Notícias / Política MT

Após pressão de empresários, Emanuel suspende rodízio de veículos e atendimento por CPF

Da Redação - Érika Oliveira

03 Jul 2020 - 17:21

Foto: Assessoria

Após pressão de empresários, Emanuel suspende rodízio de veículos e atendimento por CPF
A mobilização de entidades ligadas ao comércio contra o decreto que impôs medidas mais duras no enfrentamento ao coronavírus surtiu efeito. O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), acaba de anunciar que irá suspender, neste primeiro momento, o rodízio no tráfego de veículos e limitação por CPF nos atendimentos presenciais realizados por bancos, lotéricas, supermercados e distribuidoras da bebidas.

Leia mais:
Pressionado, Emanuel irá discutir recuo de rodízio de veículos e atendimento por CPF

As normas constavam no decreto nº 7.975, que foi assinado pelo chefe do Executivo a quinta-feira (02) e passariam a valer a partir de segunda-feira (06). Conforme divulgado pelo Olhar Direto, uma comissão de empresários, comerciantes, representantes da Câmara dos Dirigentes Logísticas (CDL) e Fecomércio estiveram reunidos com o chefe de gabinete de Emanuel pela manhã.

Na noite de quinta-feira, o presidente do Sistema Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso (Fiemt), Gustavo Oliveira, disse que o próprio Emanuel havia lhe informado sobre a possibilidade de rever as medidas. O recuo se deu, em grande parte, pela repercussão negativa do decreto.

Em suas redes sociais, Emanuel afirmou que as duas medidas suspensas serão rediscutidas com os segmentos da sociedade civil organizada e avaliada nas deliberações do Comitê de Enfrentamento ao Novo Coronavírus. 

“Como temos destacado e feito, desde o início da pandemia da Covid-19, sempre que preciso estamos prontos para fazer os ajustes necessários. Vamos continuar trabalhando para adotar as medidas que forem consideradas fundamentais para a preservação da saúde pública. Na segunda, apresentaremos o projeto das barreiras sanitárias e continuamos sempre contando com a colaboração da população nessa dura guerra”, disse. 

Seguem valendo, até o dia 20 de julho, a ampliação do toque de recolher, das 20h às 5h; regime de trabalho no sistema home office para servidores municipais; proibição da utilização de refeitórios e restaurantes nos hotéis e hospedarias; suspensão do funcionamento de motéis; suspensão das as atividades presenciais nas unidades de ensino públicas e privadas; transporte coletivo com funcionamento total da frota.

Além disso, seguindo a decisão judicial  imposta pelo juiz José Luiz Leite Lindote, da Vara da Fazenda Pública de Várzea Grande, continua vedada a abertura ao público dos shoppings centers e congêneres, permitida tão somente o funcionamento das atividades essenciais mediante sistema delivery.

Também está permitida a comercialização de produtos oriundos das atividades essenciais pelo sistema de entrega e retirada de produtos (delivery e passe e pegue), desde seguida todas as medidas de biossegurança.

Pinheiro afirmou, ainda, que na próxima segunda-feira irá apresentar o projeto para a instalação de barreiras sanitárias na Capital. 

21 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Juca
    04 Jul 2020 às 15:16

    Patrícia Ribeirinha não esquece de pedir arroz, feijao, carne, ovos, leite, pão entre outros produtos da cesta básica, combustível pela internet de outros estados pois tanto nos mercados, farmácia e, postos de combustível tem um empresário malvadão por trás trabalhando pra manter a turma da hipocrisia alimentando.

  • mso
    04 Jul 2020 às 10:03

    Não é só do Prefeito a respoonsabilidade mais sim da População em geral ! Assim ninguém controla esses mal educados saindo por qualquer coisa sem máscara sem nada assim não é possível de combater essa pandemia !

  • Moacir
    04 Jul 2020 às 08:27

    Não é com rodízio de CPF e placa de carro que se cuida da saúde não, o povo pode se cuidar usando medidas básicas de higiene e distanciamento e os mais vulnerável que fiquem em casa, os mercados estão cheios de velhinhos indo ao mercado e todos os lugares como se não estivesse acontecendo nada. Vejo velhinhos andarem de carro junto com familiares infectados, e aí acham que por ser da família não vai pegar também. Falta massa cinzenta nesse povo.

  • Andre
    04 Jul 2020 às 07:13

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Moreira
    04 Jul 2020 às 06:22

    Toda a população pressionou, isso sim.

  • Ana mari
    03 Jul 2020 às 23:57

    Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkklkk Palhaçada é o que virou essas medidas tomadas sem uma análise rigorosa pra se evitar essa vergonha alheia né Mané?

  • Dona Justina - Aposentada
    03 Jul 2020 às 23:15

    Onde eu encontro aquelas máscara de oncinha bem sensual que as mocinha anda usando? Pretendo dar uma de presente. Obrigada

  • kbça pensante
    03 Jul 2020 às 22:24

    a mais nova cadelinha dos empresários

  • Juca
    03 Jul 2020 às 21:38

    O cara faz ca....., vira piada e a culpa dele voltar atrás é dos empresários? Kkkkkk

  • Patrícia Ribeirinha
    03 Jul 2020 às 20:20

    Nunca mais comprarei nada em MT. Esses empresários egoístas estão nos levando a morte. Peço tudo via internet fora do estado COMO boicote aos empresários gananciosos para boicotar e quebrar esses empresários coxinhas .

Sitevip Internet