Olhar Direto

Notícias / Cidades

Com UPAs e Policlínicas lotadas, Cuiabá tem 58 pessoas aguardando vaga de UTI

Da Redação - Isabela Mercuri

05 Jul 2020 - 12:00

Foto: Reprodução / Governo da China

Com UPAs e Policlínicas lotadas, Cuiabá tem 58 pessoas aguardando vaga de UTI
Cinquenta e oito pessoas, com suspeita ou confirmação do novo coronavírus (Covid-19), aguardam por vagas em leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) em Cuiabá. Por este motivo, mesmo com liminares da justiça, algumas pessoas acabaram falecendo nesta espera.

Leia também:
Representante comercial vence a Covid-19 e volta para casa após internação
 
Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, todas as unidades da Atenção Secundária (UPAs e Policlínicas) estão lotadas com estes pacientes. “A Central de Regulação faz o possível para conseguir UTIs para os pacientes que precisam. Existe uma fila com pessoas aguardando UTIs, inclusive com liminares”, explicou a secretaria, por meio de nota.
 
Os dados foram atualizados pela última vez às 8h da manhã de sábado (4). Segundo a Prefeitura, há previsão de abertura de vinte leitos na próxima semana, no Hospital de Referência.
 
“Após a abertura destas UTIs serão montados outros 20 leitos, totalizando 40 novas UTIs. Está aguardando apenas a chegada das bombas de infusão, que já foram compradas”, explicam.
 
No Estado, segundo o boletim divulgado na noite do último sábado (4), havia 14 leitos de UTI disponíveis em todo o Mato Grosso. A taxa de ocupação é de 94,2%. Já os leitos de enfermaria tem ocupação de 48%.

6 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Zeca Valeiro
    06 Jul 2020 às 10:45

    Se a economia estivesse afundando mas as mortes e casos diminuindo, tudo bem. Mas nenhum, nem outro, só discursos e medidas determinadas por políticos e MP que não tem nada a ver com profissionais da saúde. Logo a tendência é aumentar ao invés de acabar.

  • Mauro Mendes e Emanuel péssimos gestores
    05 Jul 2020 às 18:18

    Péssimos prefeito e Cuiaba, VG e Governador! Só estão pensando nas eleições. Kd o hospital de campanha? Esses “40 leitos” prometidos já faz tempo. Nas eleições lembraremos de Tirar o Mauro, Mane sob paleto e família Campos( em VG)!

  • kbça pensante
    05 Jul 2020 às 16:22

    Nem economia, nem vida. Tudo indo por água abaixo.

  • Entrevistem o Dr. Wagner Malheiros, por favor
    05 Jul 2020 às 16:08

    Há algum tempo ele deu uma entrevista em um vídeo que viralizou, questionando a pandemia do Covid, dizendo que o dinheiro gasto em novas UTIs era mal gasto, pq as UTIs não seriam usadas, iam ficar vazias, não haveria pacientes com COVID, etc. Gostaria de saber a opinião dele hoje.

  • José do tijucal
    05 Jul 2020 às 14:35

    Reclamem com os empresários de Cuiabá , fizeram protesto , salvaram a economia né , muito bom , as pessoas não tem importância .

  • CIDADÃO INDIGNADO
    05 Jul 2020 às 12:49

    Esse prefeito esperou ficarmos como em estado de guerra. Aonde se escolhe quem vive e quem morre!!! Se não tivesse recursos até podia se aceitar!!!! Mas recebeu e nada fez!!! Estamos em julho já tivemos tempo suficiente para ter feito umas 500 UTIS no MT. Recursos veio!!! Só não foi empregado!!!!

Sitevip Internet