Olhar Direto

Segunda-feira, 10 de agosto de 2020

Notícias / Cidades

Jovem de 24 anos morre vítima do coronavírus na madrugada

Da Redação - Isabela Mercuri

06 Jul 2020 - 09:20

Foto: Rogério Florentino Pereira/ Olhar Direto / Reprodução (Detalhe)

Jovem de 24 anos morre vítima do coronavírus na madrugada
A jovem Taynara Araújo Rocha Alves, de 24 anos, morreu na madrugada desta segunda-feira (6), em decorrência do novo coronavírus (Covid-19) em Rondonópolis. A informação foi publicada por seu pai, marido, além de amigos e familiares, nas redes sociais. Ela era assistente contábil do Grupo Botuverá. 

Leia também:
Gestante de 29 anos morre de coronavírus e deixa quatro filhos; bebê também morreu

“Tínhamos tantos planos juntos você sempre foi a pessoa que mais acreditou em mim, até quando eu não acreditava em mim, tantas vezes cai em desespero por medo, ansiedade chorava e você simplesmente me abraçava e sorria e sempre me dizia calma Mozão você é o cara e tem eu aqui vai ficar tudo bem... E desta vez tivemos batalha mais difícil da nossa vida, infelizmente não pude estar ao seu lado meu amor não pode te ajudar, você tinha tantos sonhos e desejos que não vamos poder realizar juntos, está doendo muito, meu coração sangra, não imaginei que te perderia tão cedo de forma tão horrível e cedo desta forma para o Covid-19”, publicou o esposo, Ruan Alves.
 
Já seu pai, Gentil Rocha, publicou: “Ainda não caiu a ficha que você se foi que deus te de um bom lugar te amo filha e com muita dor que peço que se cuidem Covid existe não desejo pra ninguém essa dor que estou passando”.

A Vigilância Epidemiológica de Rondonópolis, no entanto, informou que ainda não há confirmação dessa morte, e que as confirmações só são feitas às 17h30, pelo site oficial da Prefeitura.
 
Até a noite de domingo (5), Rondonópolis tinha 1480 casos confirmados de coronavírus, além de 70 óbitos pela doença. Em todo o estado, foram 21.081 casos e 821 mortes. Há apenas sete leitos de UTI disponíveis em Mato Grosso.

5 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Joao de Rondonopolis
    06 Jul 2020 às 15:24

    Mais uma pessoa que morre pela morosidade do Prefeito em não providenciar UTI..... Uma pena, Tinha uma vida pela frente....

  • Alberto
    06 Jul 2020 às 14:53

    Realmente, não existe grupo de risco para essa doença. Isso explica pelo número de jovens mortos em MT, sem cormobidade. A carga viral é fator determinante para o agravo da covid.

  • Rosalina
    06 Jul 2020 às 14:42

    As pessoas precisam parar de querer uma causa para justificar a morte, não existe pessoas de risco todos nós somos de risco, depende da carga viral e da imunidade, não dá para saber como vai reagir em cada organismo, o negócio é prevenção, só isso...

  • Maitê Siqueira
    06 Jul 2020 às 12:00

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Zeca
    06 Jul 2020 às 10:04

    Ela tinha comorbidades ou não? Por que era muito nova para não reagir à COVID.

Sitevip Internet