Olhar Direto

Quarta-feira, 05 de agosto de 2020

Notícias / Política MT

Mauro diz que servidor não pode ter privilégio e reforma irá nivelar com setor privado

Da Redação - Max Aguiar

09 Jul 2020 - 11:55

Foto: Rogério Florentino Pereira/ Olhar Direto

Mauro diz que servidor não pode ter privilégio e reforma irá nivelar com setor privado
O governador Mauro Mendes (DEM) pela primeira vez falou da reforma da Previdência desde que ela foi aprovada em primeira votação na Assembleia Legislativa. Segundo ele, o projeto é para nivelar o funcionalismo público com o setor privado, pois atualmente muitos funcionários se aposentam com 45 anos. "Daqui a pouco não vai ter dinheiro para pagar a Previdência mais", disse o governador. 

Leia mais:
'Vetos demonstram que Bolsonaro quer a destruição dos povos indígenas', diz Rosa Neide

A fala do chefe do Executivo aconteceu na Rádio Meridional FM, nesta quinta-feira (9). Segundo Mauro, o funcionalismo não pode ter privilégios de se aposentar com menos de 50 anos, enquanto a maioria da sociedade se aposenta depois dos 60 anos. 

"O que enviamos para a Assembleia Legislativa é um projeto para consertar o estado e todo mundo tem que ajudar. Existe 5% dos mato-grossenses que se aposentam com 45, 46, 50 anos. Se isso continuar acontecendo, o estado vai quebrar e lá na frente não vai ter dinheiro para pagar", disse o governador. 

Na proposta do governador, homens se aposentam com 65 anos e mulheres com 62. Mauro Mendes não detalhou sobre pressão da base sindicalista ou das emendas que foram aprovadas, dando alguns anos a menos para que policiais penais e civis se aposentem. O governador apenas disse que o projeto é para igualar o servidor público do servidor federal e da carreira privada. 

"Vou ser governador por quatro ano e eu traalho com responsabilidade e justiça. O estado paga salário em dia, pagamos o servidor e fornecedor. A reforma dá ao trabalhador o mesmo direito do trabalhador que não é do gverno. Eu peço a você cidadão que nos ajude também. Se não quem vai pagar a conta é a população que não é servidora. Vamos falar aqui do Rio Grande do Sul, que ficou meses com salário atrasado por que o dinheiro ia todo para a previdência. Não fico fazendo politivagem por ai. A grande maioria dos trabalhador vai aposentar com 65 anos e porque o servidor quer aposentar com 45?", questionou Mendes. 

A segunda parte da reforma não foi votada ainda e sofre muito debate por parte dos deputados da base e da oposição. Segundo o Fórum Sindical, o governo não tem dado espaço para negociar com a Casa Civil nem com a Secretaria de Fazenda. Com isso, o movimento dos servidores públicos acredita que o governador terá maioria para aprovação do projeto sem nenhuma alteração. 

O fato de descontar 14% do salário do servidor, mesmo aposentado, para que seja investido na Previdência estadual, o governador não comentou. 

105 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Eleitor
    29 Jul 2020 às 00:25

    O Brasil não mudará através de voto, os ratos são organizados, preocupados com reeleição ou ser eleito em outro cargo político, estão porém nem tanto sempre haverá uma secretaria ou algo do tipo para os que não conseguirem se reeleger, somos roubados todos os anos por vários e dinheiro que resolveria muito problema em todos os territórios deste país, temos que nos organizar e fazer valer nossa força e cobrar a altura. Uma parcela dos eleitorea abriram os olhos e estavam de olho nos parasitas que desteoem a nossa nação, daí vieram com uma carta embaixo da manga e jogaram todo o problema de orçamento nas costas dos servidores públicos desviando assim o foco. ACORDA MEU POVO TODOS NÓS SABEMOS QUEM SÃO NOSSO INIMIGOS.

  • O cara
    11 Jul 2020 às 12:28

    na minha acabar com toda aposentadoria principalmente dos governadores que fica quatro anos e se aposenta e uma vergonha pro nosso país

  • Will
    11 Jul 2020 às 11:45

    Já que é pra ter igualdade, quero o direito ao FGTS e ao seguro desemprego. Quero também adicional noturno, insalubridade e periculosidade. Quero ganhar hora extra também.

  • renato
    10 Jul 2020 às 21:58

    Demorou muito, já era pra ter acabado faz tempo .

  • Joana
    10 Jul 2020 às 21:18

    Ele não está nivelando, ele está acabando com a previdência, cobrando 14% do bruto do salário e depois que aposentar com 40 anos de contribuição ainda vamos ficar pagando 14% o que passar de um salário mínimo. Nem a lei federal é tão ruim. Fora que que o salário não será integral, teremos prejuízos caso ficarmos inválidos, se morrer a família não receberá nem a metade do salário para os sustentos dos filhos. Ninguém vai poder aposentar, porque nenhum servidor vai conseguir sobreviver apenas com 30% do salário. Isto é é nivelar, é tortura, massacrar, demostrar ódio contra os servidores públicos.

  • Paulo de Souza Brasil
    10 Jul 2020 às 20:54

    Se a pessoa se aposenta com essa idade é pq contribuiu e adquiriu direitos, a vergonha e vcs políticos se aposentarem com um mandato, os políticos tem é q parar de roubar pois desse jeito sobra dinheiro para devolverem ao aposentado q contribuiu durante anos!!!

  • Paulo Henrique
    10 Jul 2020 às 20:35

    Nossa... não sabia que servidor público começou a trabalhar com 15 anos de idade pra aposentar com 45 anos. Essa é nova pra mim. Que cara escroto!

  • Fatima Oliveira
    10 Jul 2020 às 19:38

    O setor privado tem o que foi acordado no momento de assinar o contrato....o senhores já mudou a previdência algumas vezes depois que assinei o termo de posse....ninguem que trabalha 32 anos e alguns meses em empresas privadas sai com uma mão na frente e outra atrás....me senti lesada....mas a minha insatisfação com os representantes do povo será percebida nas urnas...vou fazer campanha contra quem não é bom representate da minha classe.

  • João
    10 Jul 2020 às 19:28

    Estude! Estude! Estude! Vcs pensam que passar em concurso é moleza? Ou continuarão com dor de cotovelo.

  • José
    10 Jul 2020 às 19:26

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

Sitevip Internet