Olhar Direto

Quarta-feira, 28 de outubro de 2020

Notícias / Cidades

Obrigado a entregar cestas básicas, professor diabético pega Covid-19 e luta para conseguir UTI

Da Redação - Wesley Santiago

09 Jul 2020 - 16:50

Foto: Reprodução/Ilustração

Obrigado a entregar cestas básicas, professor diabético pega Covid-19 e luta para conseguir UTI
O professor Ronaldo Teodoro, diretor da EE Professora Edeli Mantovani de Sinop (447 quilômetros de Cuiabá), luta por sua vida enquanto a família e amigos tentam conseguir uma vaga de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), na capital mato-grossense. Ele, que é diabético, foi diagnosticado com coronavírus. Ao Olhar Direto, a filha dele, Elisa Teodoro, pontuou que o pai não queria participar da distribuição de cestas para as famílias, justamente por ser do grupo de risco. O estado dele é grave.

Leia mais:
Empresários pedem que quarentena coletiva não seja prorrogada na região metropolitana
 
“Ele pegou isso devido ao governo, que mandou ele comprar alimentos para formar cestas básicas para entregar para os beneficiários do Bolsa Família e também para os alunos. Teve contato com pessoas de 350 famílias, ele tem 50 anos e a diabetes muito alta. Não queria trabalhar, mas acabou sendo obrigado a ir”, disse a filha ao Olhar Direto.
 
Segundo Elisa, a família e amigos já estão tentando entrar com uma ação na Justiça para garantir o direito de uma UTI em Cuiabá para o diretor da escola. Ronaldo está internado em estado grave, na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Sinop, desde segunda-feira (06).

A reportagem procurou a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) que prometeu se posicionar sobre o tema.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet