Olhar Direto

Quinta-feira, 13 de agosto de 2020

Notícias / Cidades

Empresários de Nobres fazem carreata pedindo reabertura do turismo na cidade

Da Redação - Isabela Mercuri

10 Jul 2020 - 10:14

Foto: Reprodução / PMMT

Empresários de Nobres fazem carreata pedindo reabertura do turismo na cidade
Empresários da cidade de Nobres (124km de Cuiabá) realizaram, na última quinta-feira (9), uma carreata pedindo a reabertura do turismo na cidade. Cerca de trinta carros participaram do protesto, e foram até a porta da prefeitura da cidade, cobrar os gestores públicos.


Leia também:
Diabético, professor obrigado a entregar cestas básicas morre vítima do coronavírus
 
“Nós estamos passando fome. Nós somos empresários. Nós estamos passando dificuldades. Nós temos funcionários, nós temos família. Todos nós aqui somos donos de agencias, somos donos de pousadas, somos donos de atrativos. Nós estamos há quatro meses sem trabalhar. Nós precisamos trabalhar. Nós precisamos sustentar a nossa família”, afirmou o presidente da Fundaçao de Cultura e Turismo de Rosário Oeste e proprietário da Roma Turismo Uller Roma.
 

Carreata chega até a prefeitura de Nobres. O pedido é para reabertura do turismo.

Posted by Agitos Nobres on Thursday, July 9, 2020

 
“Não queremos cesta básica. Nos não queremos cesta básica, queremos a reabertura do turismo. O comércio está aberto, porque nós não estamos abertos?”, questionou ele, em um discurso que foi transmitido ao vivo pelo site Agitos Nobres.

O empresário do ramo do turismo Vicente Campos, também esteve presente. "Foi um momento da gente mostrar pra comunidade de Nobres, e o pessoal, o prefeito, que realmente está um desespero. Estamos há mais de quatro meses parados, gente passando necessidade, e temos que reabrir com segurança", disse ao Olhar Direto.
 
O protesto foi acompanhado pelo 7º Batalhão da Polícia Militar. Segundo a PM, participaram do protesto trinta e dois veículos, que percorreram as principais avenidas do município. Uller afirmou, ainda, que teve familiares que faleceram de Covid-19, mas que ele precisa trabalhar.
 
Em suas redes sociais, o empresário conhecido como ‘Chapolin’, dono de um restaurante, cobrou a participação dos vereadores na manifestação. “O prefeito não colocou vocês lá dentro. Seus vereadores... nota zero pra vocês!”, afirmou.
 
Posted by Chapolim Pedroso on Thursday, July 9, 2020

 
A cidade de Nobres contabilizou, até a noite de quinta-feira (9), 66 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19), e três óbitos em decorrência da doença. A cidade é uma das mais turísticas do estado de Mato Grosso.
 
De acordo com uma matéria publicada na Folha de São Paulo, um cálculo da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo mostra que o setor do turismo perdeu R$122 bilhões de março a junho em todo o Brasil. A entidade ainda avalia que pode levar até 2023 para que haja uma retomada da receita correspondente a 2019.

17 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Ilma Candida de Souza
    10 Jul 2020 às 23:06

    Gente abre tudo....mas quem vive de futilidade vai sair agora...eu vou para nobres...mas não saio da casa de minha familia que vive ali a mais de 60 anos de jeito nenhum...ate porque minha vida e mais importante passeios.

  • Maria Auxiliadora Cândida Souza
    10 Jul 2020 às 19:11

    Senhores "empresários Que estão passando fome", há um fato da vida que, embora seja tão óbvio que ulule, vcs nao estão dando o devido peso, por ignorância ou por falta de empatia, nao sei, mas o fato é que DEFUNTO NAO VIAJA, NAO PAGA FATURA DE CARTAO OU OUTRAS CONTAS FAMILIA DO "DE CUJUS" NAO VOLTA AO LOCAL ONDE O ENTE QUERIDO FOI CONTAMINADO. Fica a dica!

  • Alessandro
    10 Jul 2020 às 17:39

    Ué, porque não abrir?? Não é só uma "gripezinha"?

  • Jr
    10 Jul 2020 às 16:56

    Sou frequentador de Nobres, cliente do restaurante do Chapolin é uma pensarem assim. Concordo que não há clima para fazer turismo. Embora tenha uns idiotas que não estão cumprindo orientações e se arriscariam ir. Impressiona pessoa que perdeu parentes não ver outra possibilidade que não seja abrir e aumentar as chances de morrer mais pessoas. Impressiona também a incapacidade de brasileiros de colaborarem de forma efetiva, aí temos essa quarentena mal feita. Enfim, a chance disso tudo piorar é a mesma porcentagem de UTI ocupadas, 100%

  • MARIA
    10 Jul 2020 às 15:31

    Abre mesmo! Excelente ideia! Aí adoecem e vem para Cuiabá, ocupar os leitos de quem está sofrendo o desemprego aqui! Para as cidades do interior que não dispõem de UTI, deveria valer aquela máxima do "sem útero, sem opinião: "sem UTIs, sem opinião"!

  • Eita
    10 Jul 2020 às 14:11

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Os fantasmas não pagam pra consumir

  • Raimundo
    10 Jul 2020 às 13:59

    Só não vem para Cuiabá depois, aqui virou um matadouro do povo do interior, fica pra morrer por aí mesmo.

  • Lampiao
    10 Jul 2020 às 12:59

    Empresarios pilantras... Que feche tudo em nobres... se virem..

  • Pedro
    10 Jul 2020 às 12:56

    Tem q fazer eles assinarem q abrem mão de UTI em caso de complicacao

  • Jane vieira
    10 Jul 2020 às 12:45

    Uai deixa eles abrirem q ninguém vai mesmo. Lugar carissimo

Sitevip Internet