Olhar Direto

Sábado, 26 de setembro de 2020

Notícias / Cidades

Polícia encontra ossada que pode ser de travesti desaparecida desde janeiro

Da Redação - Fabiana Mendes

10 Jul 2020 - 10:54

Foto: Reprodução

Polícia encontra ossada que pode ser de travesti desaparecida desde janeiro
Ossada encontrada no final da tarde de quinta-feira (9), pode ser da travesti Mary Bastos de Lima, de 37 anos, desaparecida desde 8 de janeiro deste ano, após sair do trabalho, em Santo Antônio do Leverger (36 km de Cuiabá).

Leia mais:
Bombeiros levam duas horas para tirar vítima de ferragens após acidente entre carretas

Conforme boletim de ocorrência, uma denúncia anônima informou a Polícia Civil sobre a localização de uma ossada na estrada que de acesso à região do Engenho Velho. A Perícia Técnica (Politec) esteve no local e constatou que a vítima, do gênero masculino, possuía estatura baixa e estava de shorts jeans e curto, com R$30 deteriorado no bolso.

No local a Politec também encontrou uma quantidade de cabelo comprido e de cor castanho escuro. Também havia uma presilha rosa junto da ossada.

A Polícia Civil informou que a identidade só poderá ser confirmada após a conclusão dos laudos periciais emitidos pela Politec, que fará o confronto de DNA ou de arcada dentária. 

Na época do desaparecimento de Mary, três homens foram detidos por participação no crime. No entanto, logo depois foram liberados por falta de provas. Um dos suspeitos chegou a acusar os outros dois de terem enterrado o corpo de Mary.

O desaparecimento é investigado em inquérito policial instaurado na Delegacia de Santo Antônio de Leverger e os trabalhos contam com o apoio do Núcleo de Pessoas Desaparecidas da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Comentários no Facebook

Sitevip Internet