Olhar Direto

Terça-feira, 24 de novembro de 2020

Notícias / Cidades

IFMT inaugura laboratório com capacidade para 480 testes de Covid-19

Da Redação - Fabiana Mendes

10 Jul 2020 - 17:40

Foto: Reprodução

IFMT inaugura laboratório com capacidade para 480 testes de Covid-19
O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFMT) de Alta Floresta inaugura neste sábado (11) o Laboratório de Biologia Molecular para detecção de Covid-19, com capacidade de 480 testes RT-PCR por semana. A unidade será a única da região e atenderá os municípios de Alta Floresta, Carlinda, Paranaíta, Nova Monte Verde, Nova Bandeirantes e Apiacás.

Leia mais:
Técnico em informática morre após colisão entre motocicleta e carreta

Diretor do campus de Alta Floresta,  professor Júlio Santos destaca a conquista para região e também para a instituição. "O IFMT se colocou à disposição neste momento tão desafiador para o mundo e estamos fazendo a nossa parte. Celeridade no resultado dos testes é fundamental agora. E pensando para além da pandemia, nossa instituição contará com um laboratório de biologia molecular moderno, fortalecendo a formação acadêmica e a produção científica. Só tenho a agradecer aos parceiros e especialmente aos servidores que participaram do desenvolvimento desse projeto", disse Julio.

Hoje as cidades da microrregião de Alta Floresta só fazem os chamados "testes rápidos", que têm alto índice de falso-positivo ou falso-negativo. Já os testes PCR realizados atualmente são enviados para Cuiabá e demoram até 20 dias para ficarem prontos. Com o novo laboratório, a região terá um melhor controle epidemiológico da doença.

Segundo informações da assessoria de imprensa, a criação do laboratório é uma parceira do IFMT com o Ministério Público Federal, Ministério Público Estadual, prefeitura de Paranaíta e o Consórcio de Saúde dos Municípios do Polo de Alta Floresta. Essas instituições aportaram recurso financeiro para a compra de materiais e equipamentos, enquanto o IFMT entrou com o espaço físico e com os profissionais técnicos para a realização dos testes.

Caso a demanda por testes nesses municípios aumente, o laboratório tem a capacidade de dobrar a produção por semana, a depender da compra de mais insumos e um equipamento de análise.

O IFMT de Alta Floresta também desenvolve outras ações no combate à pandemia, como a produção de máscaras e de álcool líquido 70% e álcool em gel. Já foram produzidos oito mil litros desses produtos.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet