Olhar Direto

Segunda-feira, 10 de agosto de 2020

Notícias / Cidades

Confira a lista atualizada de municípios com classificação de risco muito alto de contaminação

Da Redação - Érika Oliveira

13 Jul 2020 - 20:36

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Confira a lista atualizada de municípios com classificação de risco muito alto de contaminação
A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) divulgou nesta segunda-feira (13) a lista atualizada dos municípios de Mato Grosso que configuram na classificação com risco “muito alto” para o novo coronavírus. Os dados contam no Boletim Informativo n°127, que traça o panorama da situação epidemiológica da Covid-19 no Estado.
 
Leia mais:
Secretaria de Saúde do Estado notifica 28 mortes e 488 casos de coronavírus nas últimas 24h
 
Conforme o documento, 16 municípios do Estado integram a lista: Cuiabá, Várzea Grande, Rondonópolis, Cáceres, Primavera do Leste, Tangará da Serra, Sinop, Peixoto de Azevedo, Barra do Garças, Colíder, Chapada dos Guimarães, Jaciara, Vila Rica, Porto Esperidião, General Carneiro, Barão de Melgaço e Rosário Oeste.
 
Ainda de acordo com informações contidas no boletim, os municípios que estão na classificação de risco “alto” para a disseminação do coronavírus são: Sorriso, Lucas do Rio Verde, Pontes e Lacerda, Nova Mutum, Querência, Cláudia, Tapurah, Vila Bela da Santíssima Trindade, Mirassol D’Oeste, Campo Verde, Nossa Senhora do Livramento, Alto Garças, Poconé, Feliz Natal, Canarana, São José dos Quatro Marcos, Nobres, Juína, Ribeirão Cascalheira, Barra do Bugres, Campinápolis, Novo Mundo, Araputanga, Alto Paraguai, Rio Branco, Itaúba, Denise, Nova Monte Verde, Nova Olímpia, Nova Xavantina, São Pedro da Cipa, Nova Brasilândia, Santo Antônio do Leverger, Paranaíta, São Félix do Araguaia, São José do Rio Claro, Santo Afonso, Nortelândia, Nova Guarita, Castanheira, Apiacás, Cotriguaçu, Jauru, Salto do Céu, Brasnorte, Nova Nazaré e Ribeirãozinho.
 
O sistema de classificação que indica o nível de risco é definido por cores: muito alto (vermelho), alto (laranja), moderado (amarelo) e baixo (verde). De acordo com a definição dos riscos é necessária a adoção de medidas restritivas para o controle da propagação do coronavírus nas cidades. Os indicadores de classificação de risco são atualizados duas vezes por semana e os resultados são divulgados nos Boletins informativos da SES-MT.
 
O Governo de Estado publicou novo decreto restringido ainda mais as medidas que devem ser adotadas pelos municípios, com base na classificação de risco para prevenir a disseminação da Covid-19. O Decreto n° 532 foi publicado na edição extra do Diário Oficial de 24 junho. O documento altera as tabelas de classificação de risco, criando uma terceira tabela. Para saber mais informações clique AQUI.
 
O governo orienta que os municípios adotem as medidas por no mínimo 14 dias consecutivos, mesmo que durante esse período ocorra o rebaixamento da classificação. Em caso de agravamento da situação por dois boletins informativos consecutivos, a autoridade municipal deve adotar as medidas restritivas em, no máximo, dois dias. Os serviços considerados essenciais são apontados no Decreto Federal 10.282/2020.
 
 
 
 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet