Olhar Direto

Quinta-feira, 06 de agosto de 2020

Notícias / Política MT

Prefeitura permite retorno às aulas presenciais em escolas particulares

Da Redação - Isabela Mercuri

14 Jul 2020 - 11:00

Foto: Sebastien Bozon/AFP

Foto meramente ilustrativa

Foto meramente ilustrativa

Em decreto publicado na última segunda-feira (13), a Prefeitura de Sorriso (397 km de Cuiabá) permitiu o retorno às aulas presenciais em escolas particulares, de todos os níveis. As escolas públicas devem continuar somente com atividades online. Além disso, as igrejas também estão liberadas para funcionar, a partir desta terça-feira (14).

Leia também:
Professor aposentado morre vítima do novo coronavírus e deixa cinco filhos

Apesar de o novo decreto, nº 338, não falar sobre as instituições particulares, ele revoga o decreto anterior, nº 304, de 30 de junho, que proibia as aulas nestas escolas. Em uma transmissão ao vivo nas redes sociais do município, Estevam Calvo Hungaro Filho, secretário municipal de administração, informou que “A escola pública já vem trabalhando de forma online, e esse trabalho devera cada vez mais ser intensificado pela secretária Lúcia”.

O procurador do município, Daniel Melo, por sua vez, informou que a decisão foi tomada porque quando escolas particulares e igrejas foram reabertas (antes do decreto nº 304), ambas respeitaram as regras para evitar a disseminação do coronavírus, e que nenhum novo caso foi identificado nestes espaços.

“O Ministério Público local autorizou, diferente de outras cidades, por estarmos cumprindo integralmente todas as medidas de distanciamento social, que essas duas atividades poderiam ser retomadas”, explicou.

Tanto as escolas particulares quanto as igrejas deverão continuar seguindo as medidas sanitárias, como distanciamento social, obrigatoriedade do uso de máscaras e fornecimento de álcool em gel para os frequentadores.

6 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Laura
    17 Jul 2020 às 11:49

    Qual a diferença entre uma criança que estuda em escola particular para uma criança que estuda em escola pública? Um absurdo isso. Cadê o MP que não vê isso. Enquanto os comerciantes estão fechados, sem ter renda para manter a família, sem ter até o q comer. Prefeito está preocupado em voltar aula m escolas particulares. E o fim d mundo. Revoltada com tudo isso. Pq privilégio pra uns e pra outros não? Somos todos iguais.

  • Gislane
    15 Jul 2020 às 13:26

    ABSURDO. Meus filhos só vão botar os pés no colégio, depois que sair a vacina. Prefiro que percam de ano, a se arriscarem. Essa doença é traiçoeira e mata jovem também.

  • Tereza
    14 Jul 2020 às 22:28

    Maior absurdo que já vi, será que tem pais que vão ter coragem de deixar s us filhos frequentarem aula presencial? Que loucura e essa, olha o caos que estamos vivendo. Sorriso vai ter leitos hospitalares para atender a todos que forem infectados? Cd MP para proibir essa barbárie

  • arruda
    14 Jul 2020 às 15:59

    Absurdo volta, eu como pai não deixaria meu filho voltar, quem vai responsabilizar se pegarem esses virus?

  • Carlos
    14 Jul 2020 às 14:10

    Deixa eu entender, na escola particular não pega covid19 na pública pega.

  • Cuiabano
    14 Jul 2020 às 11:24

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

Sitevip Internet