Olhar Direto

Quinta-feira, 13 de agosto de 2020

Notícias / Política MT

Mauro diz que não sobe no mesmo palanque que Emanuel nem em eventual campanha de Botelho

Da Redação - Max Aguiar

14 Jul 2020 - 17:34

Foto: Rogério Florentino Pereira/ Olhar Direto

Mauro diz que não sobe no mesmo palanque que Emanuel nem em eventual campanha de Botelho
A possível candidatura do presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho (DEM), à Prefeitura de Cuiabá, pode não ter o apoio do governador Mauro Mendes (DEM). Isso caso o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), recue de disputar à reeleição e entre na campanha do deputado, conforme o próprio emedebista já cogitou publicamente nas últimas semanas. 

Leia mais:
Emanuel Pinheiro registra BO contra delegado que fez post sobre lavagem de dinheiro

Em entrevista exclusiva ao Olhar Direto nesta terça-feira (14), o chefe do Executivo estadual foi monossilábico, mas contundente ao responder que não apoiaria nenhum projeto político que tenha envolvimento do atual prefeito de Cuiabá. 

"Não". Assim o governador respondeu quando foi questionado se subiria ao palanque que Emanuel em apoio à provável candidatura de Botelho, que recentemente disse ser amigo do emedebista e que só iria disputar o pleito municipal caso Pinheiro não fosse candidato.

O governador disse ainda que tem consciência cidadã, e por tudo que sabe do prefeito de Cuiabá, prefere não comentar muito o assunto, mas que qualquer desdobramento político com apoio de Pinheiro, ele não participaria. 

"Independente de qualquer desdobramento político, existe a minha consciência política e a minha consciência cidadã. E por tudo que eu sei e por tudo que eu escuto e vejo, seria impossível apoiar Emanuel Pinheiro ou apoiar um projeto que ele esteja junto", disse o governador.

CPI e afastamento

Mendes evitou polemizar sobre CPI instalada contra o prefeito na Câmara, cujo parecer pede afastamento de pelo menos 180 dias do prefeito devido às supostas irregularidades cometidas quando era deputado. Além do afastamento, o processo pode culminar em cassação de mandato e perda de direitos políticos por oito anos. A votação será feita no plenário da Câmara, onde Emanuel conta com maioria.

O governador prefere guardar a própria opinião, mas relatou que não é diferente do que, segundo ele, pensa a sociedade. "Prefiro omitir minhas opiniões sobre esse momento. Mas, ela não é diferente da opinião do cidadão de bem, do cidadão que mora em Cuiabá e conhece do assunto", concluiu o governador. 

29 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Nenê Bocaiuva
    15 Jul 2020 às 09:35

    Quem ganharia com essa atitude do Mauro, seria o Botelho, se for candidato.

  • Aldo
    15 Jul 2020 às 09:01

    Se o palanque do governador for igual a sua gestão, é melhor que ninguém queira ele junto. Esse governo é tão ruim, que em vez de estar se preocupando com a pandemia fica fazendo política, será que nunca vai descer do palanque.

  • Villas
    15 Jul 2020 às 07:36

    Esse Mauro Mendes parece lavadeira do rio Cuiabá antigo...fala demais...trabalho,realizações que é bom nada,já deu cara pálida!!

  • Jones
    15 Jul 2020 às 07:34

    Emanuel é lider nato têm luz própria Mauro é o maior mentiroso ta mais queimado do que carvão

  • Junto
    15 Jul 2020 às 07:32

    Quem é o louco que vai querer o pior governo de mato grosso ...

  • Adriano
    15 Jul 2020 às 06:30

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Cidadão
    15 Jul 2020 às 05:55

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Leonardo
    15 Jul 2020 às 04:27

    E quem vai querer vc no palanque? Quem te aceitar já estará queimado e a derrota é certa!

  • Damiao
    15 Jul 2020 às 03:55

    Mauro Mendes o Wilson Santos era menos bolso furado, e mais leal, que este bolso furado atual

  • Zé Colméia
    14 Jul 2020 às 23:10

    Quem está preocupado senhor com isso, precebe se que você está mais preocupado com sua ambições politicas e de seu grupo, ao invés de criar picuinhas porque não administra essa pandemia, pois dinheiro federal está vindo, mas ação concreta se vê muito pouco, está na hora de ação.

Sitevip Internet