Olhar Direto

Domingo, 27 de setembro de 2020

Notícias / Política MT

Botelho admite que subestimou a Covid-19 e informa que está 50% dos pulmões comprometidos

Da Redação - Max Aguiar

14 Jul 2020 - 15:28

Foto: Rogério Florentino - Olhar Direto

Botelho admite que subestimou a Covid-19 e informa que está 50% dos pulmões comprometidos
O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (DEM), revelou aos colegas de parlamento que chegou na unidade de saúde em que está se tratando com mais de 50% do pulmão comprometido e precisando urgente de respiração com ajuda de oxigênio. De São Paulo, Botelho encaminhou um áudio para os demais deputados estaduais explicando seu quadro de saúde e admitindo que chegou a menosprezar a Covid-19. 

Leia mais:
Campanha pede doação de máscaras de mergulho criar para suporte ventilatório a pacientes com Covid-19

Botelho está desde a segunda-feira (13) na capital paulista, mas ele confessou que antes de tudo subestimou a doença. Tomou remédios para sinusite, achando que uma doença temporária, mas na verdade já estava em fase avançada da doença causada pelo novo coronavírus. 

"Eu cometi alguns erros, subestimei a doença, achei que era uma sinusite, pois todo ano tenho. Todo ano eu tenho esse problema, achei que fosse normal. Na quinta-feira chegou outro resultado. DDeu negativo, continuei tomando remédio pra sinusite. Depois senti dor no corpo. Veio febre três vezes seguida. Liguei para o Dr Carlos Carretone e após exames em Cuiabá, que deu 10% de comprometimento [do pulmão] e depois de três dias, 50% de pulmão comprometido, eu resolvi vir a São Paulo", comentou o presidente.

Botelho não está entubado. Está apenas recebendo oxigênio em uma unidade de saúde particular, em um leito de atenção semi-intensiva, e segundo ele, só foi buscar tratamento em outro estado porque os leitos estão colapsados em MT e não teria condições de encontrar uma UTI se fosse necessário.

Na descrição dos sintomas da doença, Botelho relata que teve febre de mais de 40 graus durante a noite. "Tomei os remédios, não sentia a dor. Achei que era só sinusite. Tomei todos os dias, na sexta fui fazer uma tomografia. Tava com comprometimento de 10% do pulmão, o Dr colocou mais um antibiótico, pois a azitromicina não fez efeito. Ai na segunda-feira eu faria outro exame. Ocorre que nesse final de semana tive febre, calafrio, domingo pra segunda tive muita febre, tive que levantar a noite até pra tomar banho, a febre passava de 40 graus”, contou.
 
“Fui fazer a tomografia e detectou que tinha mais de 50% de comprometimento. Ficamos na opção de precisar de UTI, e como Cuiabá está colapsada, então nós tivemos a análise de que precisava ir para São Paulo. Estou numa unidade semi-intensiva, estou acompanhando por monitores, não fui entubado, e espero não precisar. Estou no oxigênio, faz parte do processo, é um processo difícil", contou Botelho, com detalhes.

Por fim, o deputado disse que espera até o fim de semana já estar em Cuiabá e recuperado. "Mas, em dois dias eu saio daqui, vou pro quarto esperar a recuperação. É isso, obrigado a todos e boa sessão", disse Botelho, que passou o bastão do comando dos trabalhos na próxima quarta-feira (15) para o deputado João Batista (Pros), já que a vice-presidente Janaina Riva está em casa gestante e o deputado Max Russi ainda se recupera da Covid-19.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet