Olhar Direto

Sábado, 26 de setembro de 2020

Notícias / Ciência & Saúde

Conheça as orientações sanitárias para amamentação durante a pandemia

Alan Vignoli

31 Jul 2020 - 10:25

Foto: Reprodução

Amamentação durante a pandemia

Amamentação durante a pandemia

A amamentação é essencial para garantir o desenvolvimento dos bebês, inclusive do sistema imunológico dos pequenos e também a saúde da mamãe. Em tempos de pandemia e isolamento social como o que estamos enfrentando contra o coronavírus, os cuidados precisam ser redobrados com todos. Com algumas medidas, é possível garantir o aleitamento materno seguro.

A boa notícia é que não existe nenhuma evidência científica de que o leite materno seja transmissor de Covid-19. “Em todos os contextos socioeconômicos, a amamentação melhora a sobrevivência e traz benefícios tanto para a saúde da mulher quanto da criança ao longo da vida. Além disso, como não há evidência científica sobre a transmissão da Covid-19 através do leite materno, não há razão para evitar ou interromper a amamentação”, informa um documento do Ministério da Saúde sobre amamentação em tempos de pandemia.

Manter o quarto do bebê e outros espaços da casa sempre limpos e desinfetados também é importante para garantir a segurança do bebê. Todos os familiares da casa devem lavar bem as mãos, principalmente antes de pegar o bebê no colo. “No caso das mães, na hora de amamentar, precisa garantir a limpeza das mamas, de preferência cabelo amarrado e o uso de máscaras cirúrgicas em caso de sintomas como tosse e espirro”, explica o enfermeiro Antenor Amorim, ao Portal Pró-Saude.

A Maternidade Escola Januário Cicco também criou um material informativo para amamentação segura. Além das dicas gerais como manter a coluna mais reta possível na hora de amamentar, que pode ser facilitada com uma poltrona de amamentação,  favorecendo tanto o bem-estar da mamãe quanto o conforto do pequeno durante a alimentação, o guia traz também informações sobre amamentação caso a mãe apresente algum sintoma de coronavírus.

Amamentação x Covid-19

A recomendação geral do Ministério da Saúde para mamães poderem continuar amamentando caso tenham suspeita ou confirmação de coronavírus são as seguintes:
Lavar as mãos ao menos por 20 segundos com água e sabão e/ou usar álcool em gel 70% nas mãos antes de tocar o bebê ou antes de retirar leite materno (manual ou bomba extratora).

Usar uma máscara (cobrindo completamente nariz e boca) durante as mamadas e evitar falar ou tossir durante a amamentação.

Quanto ao uso da máscara, é importante:

Substituir as máscaras assim que ficarem úmidas (caseira ou descartável) ou ao tossir, espirrar e a cada mamada.

As máscaras descartáveis devem ser descartadas imediatamente após o uso e não devem ser reutilizadas.

O Ministério da Saúde também orienta que “Se uma mãe com confirmação/suspeita de Covid-19 tossir sobre as mamas ou peito exposto, deverá lavá-lo delicadamente com sabão e água por pelo menos 20 segundos antes da mamada”.

Já as bombas de leite materno, os recipientes de armazenamento de leite e os utensílios de alimentação precisam ser adequadamente limpos após cada uso em qualquer situação. Os inúmeros benefícios da amamentação superam substancialmente os riscos potenciais de transmissão e doença associados ao coronavírus.
Sitevip Internet