Olhar Direto

Domingo, 20 de setembro de 2020

Notícias / Política MT

Jayme diz que irá apoiar de "corpo e alma" nome para a prefeitura, mas sem bater bandeira no sol

Da Redação - Max Aguiar

04 Ago 2020 - 07:30

Foto: Rogério Florentino - Olhar Direto

Jayme diz que irá apoiar de
O senador Jayme Campos, maior liderança do Democratas em Várzea Grande, confirmou que irá apoiar o candidato do grupo de corpo e alma, porém não irá "bater bandeira nem fazer caminhada" todo dia.

Leia mais:
Internado no Sírio Libanês, Mauro está com infecção pulmonar e não tem previsão de alta

No entendimento de Jayme, após a escolha do nome que irá representar o atual governo municipal nas eleições de novembro deste ano, o partido irá prestar todo apoio e condição para que ele vença, porém quem tem que andar e pedir voto é o candidato. 

"Estarei de corpo e alma. Agora não vou bater bandeira o dia inteira na rua. Isso é papel do candidato. Vou participar do evento, abraçar o candidato, bater fotografia. Participar de 2, 3, 5 ou 8 reuniões, mas quem vai fazer caminhada na rua é o candidato", disse Jayme. 

O senador comentou que Lucimar Campos, sua esposa e prefeita de Várzea Grande, está todos os dias junto com o "time" do Democratas para conversar sobre o nome que vai encabeçar a chapa. Atualmente são pelo menos quatro nomes que estão nessa disputa interna. 

"Quem tem que buscar o apoio político e o voto é candidato. Eu não sou candidato, sou senador da República. Inclusive é o candidato que irá brgar pela composição do time. Estarei de corpo e alma, mas não vou bater bandeira no sol", comentou. 

Entre os nomes citados por Jayme, que estão na lista da pesquisa interna, consta o vice-prefeito José Hazama, o presidente da Câmara Fábio Tardim, o empresário Julio Pacheco e o deputado federal Emanuel Pinheiro Neto, o Emanuelzinho. 

Segundo o senador, sobre Cuiabá ele não sabe. Mas o Democratas terá sim candidato em Várzea Grande. "Eu moro aqui [Várzea Grande], eu voto aqui, meu povo é daqui e minha esposa é prefeita aqui. Não decidimos quem, mas aqui o DEM terá candidato. Lá em Cuiabá eu não sei. Mas aqui sim", concluiu o senador. 

Comentários no Facebook

Sitevip Internet