Olhar Direto

Sábado, 31 de outubro de 2020

Notícias / Política MT

PSDB vive impasse entre apoiar Emanuel e lançar candidato próprio; três nomes buscam espaço

Da Redação - Max Aguiar

05 Ago 2020 - 08:33

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

PSDB vive impasse entre apoiar Emanuel e lançar candidato próprio; três nomes buscam espaço
O diretório do PSDB municipal da Capital, capitaneado pelo vereador Ricardo Saad, tem até o dia 13 de setembro para definir se lançará candidato à disputa da Prefeitura de Cuiabá, ou se continuará apoiando os projetos do atual chefe do Executivo, Emanuel Pinheiro (MDB). 

Leia mais:
Fávaro conta com Mauro e está convicto de que terá mandato renovado na eleição suplementar

Atualmente, os vereadores tucanos são da base de sustentação de Emanuel na Câmara de Cuiabá, porém existe um racha dentro da cúpula, pois esses nomes querem continuar apoiando o prefeito à reeleição e outros querem que o partido lance candidato. 

Os parlamentares do PSDB são: Toninho de Souza, Ricardo Saad e Renivaldo Nascimento. Por eles, o projeto é apenas de apoio. Já a sigla ainda trabalha com três nomes que serão avaliados internamente para ocuparem o posto de candidato, com possibilidade de voto. 

Um deles é o empresário do ramo de hotelaria, Luis Carlos Nigro. O segundo nome também é empresário, porém do ramo da comunicação: João Dorileo Leal, que está filiado há pouco mais de um ano no partido. Já o terceiro é Paulo Borges, que já foi vereador, vem de família política e bagagem como ex-secretário de Infraestrutura e Habitação da capital. 

Esse embate ainda será definido pelo presidente e seus secretário. "Já era para ter sido definido, mas o presidente pegou Covid-19 e está se recuperando por agora. Por isso, teremos uma escolha interna e até dia 13, na convenção, vamos saber se teremos candidato ou vamos apoiar o Emanuel [Pinheiro]", disse Paulo Borges, pré-candidato e vice-presidente do PSDB. 

Diferente de outras campanhas, a eleição esse ano será em novembro devido a pandemia. Marcada para o dia 15 de novembro e com algumas regras que serão avisadas em breve pelo Tribunal Superior Eleitoral. 

Comentários no Facebook

Sitevip Internet