Olhar Direto

Segunda-feira, 28 de setembro de 2020

Notícias / Política MT

Sem garantias de que estará com Medeiros, Selma chama Moraes de amigo e indica possível apoio

Da Redação - Carlos Gustavo Dorileo

13 Ago 2020 - 10:45

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Sem garantias de que estará com Medeiros, Selma chama Moraes de amigo e indica possível apoio
Desaparecida das suas redes sociais desde que perdeu o mandato no mês de abril, a senadora cassada Selma Arruda (Podemos) compartilhou um vídeo feito pelo empresário e pré-candidato a sua vaga no Senado, Reinaldo Moraes (PSC), criticando a atuação do interino Carlos Favaro (PSD), por ele ter votado contra a redução de juros do cartão de crédito e cheque especial, durante a pandemia, em matéria analisada pelo Senado na semana passada.
 
Leia também
Selma vê apoio como indispensável, mas diz que Bolsonaro considera MT 'pequeno'

 
Sem indicativos de que estará no palanque do deputado federal José Medeiros, que é de seu partido, a senadora cassada, com o compartilhamento do vídeo, aponta que pode apoiar Moraes, a quem ela chamou de amigo, para ocupar a vaga que ela deixou.
 
“Meu amigo Reinaldo Morais, publicou esse vídeo hoje, sobre o senador biônico de MT que votou contra reduzir os juros do cartão de crédito e do cheque especial durante a pandemia. Se você também não aceita que alguém que você não elegeu use o mandato para defender banqueiros, curta e compartilhe”, publicou a juíza aposentada.
 
Exonerada do Senado em abril, Selma se tornou presidente do Podemos em Cuiabá e tem em seus planos trabalhar na candidatura do pré-candidato à prefeitura da Capital, Abílio Junior, além de construir uma chapa de vereadores, que já conta com as pré-candidaturas dos já vereadores Wilson Kero Kero, Dilemário Alencar e do policial federal Rafael Ranalli, que em 2018 teve mais de 33 mil votos, quando disputou pelo cargo de deputado federal.
 
Sem pretensão, a princípio, de voltar a disputar um cargo público, desde sua saída do Congresso Nacional, a senadora cassada já anunciou que em paralelo ao trabalho no Podemos, pretende retomar sua carreira na advocacia.
 
A eleição suplementar para o Senado, inclusive, irá acontecer no mesmo dia das eleições municipais, em 15 de novembro, por conta das orientações de isolamento e pelos outros problemas causados pelo novo coronavírus.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet