Olhar Direto

Sábado, 05 de dezembro de 2020

Notícias / Ciência & Saúde

Inac realiza semana D de testagem da covid-19 com preços promocionais; saiba mais

Da Redação - Bruna Bom

24 Ago 2020 - 14:20

Foto: Reprodução

Imagem ilustrativa

Imagem ilustrativa

Visando testar centenas de pessoas com sintomas suspeitos de covid-19, o Inac (Instituto de Análises Clínicas em Cuiabá), lança a semana D de testagem. Serão quatro dias de mobilização, 26, 27, 28 e 29 de agosto, com preços promocionais. O exame será feito na matriz, localizada no bairro Jardim Cuiabá, em sistema Drive Thru.

Leia mais:
Estudo da Unemat analisa uso de óleos extraídos do jacaré do Pantanal para fins terapêuticos

O preço promocional foi uma ideia da administração do Inac, com o objetivo de oferecer o exame com baixo custo para oportunizar a identificação dos contaminados e isolar o máximo de pessoas, a fim de que seja quebrada a cadeia de transmissão. “E, principalmente, proteger a própria família, sabendo o quanto antes da infecção”, explicou o proprietário Romano Suzuki.

Na semana D, o exame de sorologia sairá por R$ 119,90, o antígeno por R$ 220 e o PCR por R$ 240. Apesar da imunidade adquirida para o novo coronavírus ainda ser considerada incerta pelos pesquisadores, a oportunidade também é boa para testar e saber se já pegou o coronavírus e passou pelo período assintomático.

Segundo a biomédica Hellen Crys, para ajudar a controlar a propagação dessa doença, os testes que informam que a pessoa está infectada no momento são o PCR e teste Antígeno. Para quem quer saber se já esteve infectado, os exames indicados são o Anticorpos totais da Covid (IgG e IgM) e o sorológico (IgG e IgM). “A pessoa precisa saber que cada exame possui um método diferente, devendo estar de acordo com os sintomas e as situações apresentadas pelo paciente”, explicou a biomédica.

Segundo dados oficiais da Universidade de Oxford, no Reino Unido, o Brasil é um dos países que menos realiza testes para covid-19. Um exemplo de que a testagem em massa é a melhor solução, é a Coreia do Sul, que não chegou a entrar em quarentena, mas testou milhões de pessoas, o que, junto com outras medidas, reduziu drasticamente o número de novos casos e mortes.

Saiba mais sobre os exames: 



O primeiro passo para escolher o melhor diagnóstico é entender como o coronavírus age no organismo. O método PCR é o mais indicado para detecção do coronavírus nos primeiros dias de infecção com sintomas graves. Para pessoas com sintomas leves ou moderados, o método Antígeno promete ser uma boa opção para um diagnóstico mais rápido.

Já o teste de Anticorpos e sorológico é indicado para pessoas que tiveram sintomas de gripe por vários dias e querem detectar a doença ou saber se já estão potencialmente imunizadas.

Veja tabela com informações detalhadas de cada exame e a seguir a interpretação do resultado: 

Comentários no Facebook

Sitevip Internet