Olhar Direto

Terça-feira, 19 de janeiro de 2021

Notícias / Política MT

Mauro revela que fez apelo para Pivetta desistir de candidatura ao Senado e confirma recuo

Da Redação - Carlos Gustavo Dorileo

02 Set 2020 - 14:39

Foto: Reprodução

Mauro revela que fez apelo para Pivetta desistir de candidatura ao Senado e confirma recuo
O governador Mauro Mendes (DEM) anunciou que fez um pedido formal ao seu vice, Otaviano Pivetta (PDT), para que ele permanecesse a seu lado no governo e não deixasse o cargo para entrar na disputa pela vaga de Senado deixada pela senadora cassada Selma Arruda (Podemos). O pedido, segundo o chefe do Executivo, foi feito durante uma reunião na manhã desta quarta-feira (2), em que participaram apenas os dois mandatários do Estado.
 
Leia também
Pivetta comunica desistência de candidatura a aliados e Max Russi pode assumir projeto do grupo
 

“Apresentei para ele um pedido formal para que continue no governo. Fizemos até agora um trabalho grande para consertar o Estado, e Mato Grosso começa a viver agora uma nova realidade, que ele ajudou a construir”, disse o governador.
 
Mauro Mendes defendeu a permanência de Pivetta, recordando que ambos participaram do projeto de eleição do então ex-governador Pedro Taques (SD), “que lamentavelmente não teria dado certo e agora nós dois estamos juntos para consertar o Estado e estamos dando grandes passos nessa direção”.
 
“Estamos construindo juntos um novo caminho que vai dar muitos resultados para Mato Grosso. É uma nova história. Nosso Estado vai viver nos próximos anos um novo momento, com grandes investimentos e resultados para o cidadão, para a sociedade, em todas as áreas. Não só na infraestrutura, mas na saúde, no social, na educação. O que vai acontecer em Mato Grosso, como poucos estados brasileiros vão experimentar”, defendeu.
 
Desde que a juíza aposentada Selma Arruda teve seu mandato cassado pela Justiça Eleitoral, Pivetta tem manifestado o desejo de deixar o governo para disputar a eleição suplementar.
 
Ao entrar na briga pela vaga no Senado, Piveta acabou deixando o governador Mauro Mendes, que em 2018 apoiou a candidatura de Carlos Fávaro (PSD) para o Senado, em um dilema.
 
O próprio governador, até o momento não havia se manifestado oficialmente se iria apoiar Fávaro ou Pivetta para a disputa, mas com a desistência anunciada, a porta ficará aberta para ele subir no palanque do aliado do PSD.
 
 

Comentários no Facebook

Sitevip Internet