Olhar Direto

Notícias / Política MT

grupo de fávaro

“Não o quero mal, mas não foi meu parceiro”, diz governador sobre recusa em apoiar Leitão

Da Redação - Isabela Mercuri / Do local - Max Aguiar

10 Set 2020 - 09:47

Foto: Rogério Florentino Pereira/ Olhar Direto

“Não o quero mal, mas não foi meu parceiro”, diz governador sobre recusa em apoiar Leitão
O governador Mauro Mendes (DEM) reiterou que não vai apoiar o pré-candidato ao senado Nilson Leitão (PSDB) nas eleições. Apesar de serem ‘amigos pessoais’, como declarou o chefe do Executivo, é necessário respeitar a reciprocidade. Com este motivo, ganha pontos o senador interino Carlos Fávaro (PSD), pré-candidato à reeleição.

Leia também:
Derrotado em 2018, Leitão se vê mais fortalecido e diz que pausa da pandemia o favoreceu

“Eu, Mauro Mendes, governador do estado de Mato Grosso, cidadão Mauro Mendes, eu já disse que eu não tenho como apoiar o Nilson Leitão. Respeito ele, mas ele não me apoiou na última eleição, tem pessoas que me apoiaram e a reciprocidade [é importante]... se você me ajuda, se você precisar de mim, o mínimo que você vai esperar é que um dia eu te ajude. Então quem me apoiou em 2018 eu tenho que dar essa reciprocidade agora”, declarou o democrata, na última quarta-feira (9).

A pré-candidatura de Leitão foi oficializada em agosto. O ex-governador Júlio Campos (DEM) fica com a primeira suplência e o empresário José Márcio Guedes (PL) na segunda suplência.

Apesar do apoio dos irmãos Campos e do líder do Governo na Assembleia Legislativa, deputado estadual Dilmar Dal’Bosco, o DEM segue rachado, já que o grupo do governador Mauro Mendes deve fazer campanha para o senador interino Carlos Fávaro (PSD).

Para Mendes, no entanto, o ‘racha’ parece não ser uma preocupação. “O Nilson não quero mal, tenho uma amizade pessoal com ele, mas ele não foi o meu parceiro político em 2018. Eu cheguei à posição de governador com o apoio de alguns partidos, então a esses partidos e a essas pessoas que estiveram ao meu lado, se eu puder de alguma forma eu darei essa reciprocidade ajudando eles de alguma forma”, completou. 

Comentários no Facebook

Sitevip Internet