Olhar Direto

Sexta-feira, 23 de outubro de 2020

Notícias / Cidades

Após 19 dias, médica picada por jararaca recebe alta hospitalar

Da Redação - Fabiana Mendes

18 Set 2020 - 16:17

Foto: Reprodução

Após 19 dias, médica picada por jararaca recebe alta hospitalar
A médica Dieyenne Saugo, picada por uma jararaca na cachoeira Serra Azul em Nobres (a 121 quilômetros de Cuiabá), teve alta do Hospital Israelita Albert Einstein em São Paulo, nesta sexta-feira (18). Ela compartilhou a notícia no seu Instagram e agradeceu a todos.

Leia mais:
Médica cita caso gravíssimo e diz que não diminuiu profissionais mato-grossenses

“Eu acabei de receber alta hospitalar, finalmente e com a graça de Deus. Foi feita decanulação. Estou 100% curada e recuperada. Já posso ir para casa comemorar essa vitória”, disse. Veja vídeo abaixo:
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

FINALMENTE ALTA HOSPITALAR!!! ♥️🙏 Em primeiro lugar: Gratidão meu Deus! ✨Gratidão toda minha família, em especial minhas irmãs, minha mãe maravilhosa, meus tios e tias de Maringá e meus tios e tias de Roraima ✨Gratidão meu namorado ✨Gratidão toda equipe que me deu suporte: Samu, PS Cuiabá, Complexo Jardim Cuiabá, e Hospital Albert einstein ✨Gratidão Dr Diogo e Dra Nathalia que acompanharam em Cuiabá ✨Gratidão Dr Sandrigo que me acompanhou todos os dias aqui em SP ✨Gratidão Dr Marcelo que fez minha traqueostomia ✨Gratidão Dr Mario Guarnieri que fez minha fasciotomia ✨Gratidão Dr Marcos Somano que fez a decanulação da traqueo ✨ Gratidão toda equipe de hematologia ✨Gratidão a fonoaudióloga ✨Gratidão a fisioterapeutas ✨Gratidão a nutri ✨Gratidão enfermeiros e técnicos de enfermagem ✨Gratidão todos meus amigos e amigas ✨Gratidão todos meus seguidores Gratidão pelo carinho, pelas orações, pelo apoio, pelas mensagens, pela contribuição com a vakinha. Continuamos arrecadando dinheiro para ajudar nos custos hospitalares, já estamos próximos da meta! O link para contribuição está no meu perfil! A VITÓRIA É NOSSA 🙏

Uma publicação compartilhada por ✨ Dra. Dieynne Saugo 👉 Dra Fit (@dradieynne) em



O acidente aconteceu no dia 30 de agosto. Na ocasião, os amigos socorreram a médica, mas no caminho para uma unidade de saúde, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) se deparou com eles e finalizou o resgate.

Ela foi encaminhada para o Hospital Municipal de Cuiabá (HMC), onde recebeu o soro antiofídico. Posteriormente, foi transferida para o Complexo Hospitalar de Cuiabá e passou por uma traqueostomia, pois teve as vias aéreas comprometidas. 

Dieyenne foi transferida para São Paulo na quinta-feira (3). Nos stories do Instagram, a irmã da médica contou que o diagnóstico positivo de Covid-19 não estava comprometendo o tratamento.

A transferência de Dieyne para o hospital foi realizada com um taxi aéreo. Por conta dos custos, a família promove uma vaquinha virtual para arrecadar R$ 300 mil. 

Comentários no Facebook

Sitevip Internet