Olhar Direto

Sábado, 12 de junho de 2021

Notícias | Cidades

Latrocíncio

Casal é preso após assassinar idoso com paulada para roubar televisão

Foto: Reprodução

Casal é preso após assassinar idoso com paulada para roubar televisão
Um casal foi preso neste domingo (20), no município de Campo Novo do Parecis (389 quilômetros de Cuiabá) após confessar o assassinato de Lourival Tasca, 81 anos, para roubar sua televisão. O caso aconteceu em um sítio, no assentamento Antonio Conselheiro, em Tangará da Serra (244 quilômetros da capital).

Leia mais:
Criminoso com 23 passagens pela polícia e comparsa são mortos ao apontar arma para PMs


A Polícia Judiciária Civil (PJC) localizou os suspeitos em uma rua de Campo Novo do Parecis. O homem e a mulher foram presos preventivamente.

No dia 4 de setembro, sexta-feira, o crime aconteceu. Os suspeitos abandonaram a vítima ainda com vida na propriedade, porém, familiares só a encontraram para prestar socorro no domingo (6). Lourival foi levado ao hospital, mas não resistiu e morreu quatro dias depois.

Após o registro de um boletim de ocorrência, a Polícia Civil iniciou as investigações do caso e identificou o casal suspeito pelo crime. Segundo as investigações, ambos já haviam trabalhado na casa da vítima e conheciam a casa e a rotina do idoso, que deixava a porta dos fundos da residência sempre aberta.

Em depoimento, o casal confessou ser o autor do latrocínio. De acordo com o relato, por volta das 22 horas da sexta-feira eles se dirigiram até o local do crime e enquanto furtavam o aparelho televisor a vítima acordou. Nesse momento, o suspeito, em posse de um pedaço de madeira, golpeou Lourival.

Ao perceberem que a vítima havia desmaiado, os suspeitos fugiram do local em uma motocicleta, deixando a vítima. No trajeto, eles ainda caíram com a moto, danificando o aparelho televisor, que foi abandonado em um terreno baldio. Depois disso, o casal fugiu para Campo Novo.

O homem acusado do crime já tinha passagem pela Polícia e se encontra à disposição da Justiça em Campo Novo. Já a mulher foi trazida para Tangará, onde levou os investigadores até o terreno onde a televisão havia sido jogada. Ela está à disposição da Justiça em Tangará da Serra.

Com informações do site Bem Notícias.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet