Olhar Direto

Terça-feira, 20 de outubro de 2020

Notícias / Política MT

”Antes era quadrilheiro, agora é aliado”, dispara Flávio sobre união de Walace com grupo dos Campos

Da Redação - Max Aguiar

23 Set 2020 - 10:02

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

”Antes era quadrilheiro, agora é aliado”, dispara Flávio sobre união de Walace com grupo dos Campos
O pré-candidato a prefeito de Várzea Grande, Flávio Frical (PSB), disse que a sociedade cobra explicações do seu adversário eleitoral Kalil Baracat (MDB) e do senador Jayme Campos (DEM) sobre a aliança que fizeram com o ex-prefeito Walace Guimarães.

Leia mais:
Botelho e Avalone avaliam Taques como ‘melhor senador que MT já teve’, mas sem chances de vitória em 2020

Em 2015, logo após Lucimar Campos assumir a prefeitura de Walace, Jayme Campos declarou que ele representava “um verdadeiro líder do PCC, à frente de uma quadrilha para roubar os cofres de Várzea Grande”. 

“Para aceitar quadrilheiro, como eles mesmo disseram, em seu palanque, demonstra que o que está em jogo para eles é apenas a continuidade do domínio da Prefeitura de Várzea Grande. Não estão preocupados com a cidade”, declarou Flávio. 

O empresário afirmou que a coerência será uma palavra que será mantida com ele dentro da política. Ele já tinha dado diversas declarações afirmando rejeitar o apoio do Walace, pois ele foi um dos piores prefeitos que já passaram pelo Paço Couto Magalhães e responde a diversos processos.

“Várzea Grande precisa de gestão séria, gente preparada pra resolver os problemas. De mim, podem sempre esperar: coerência, respeito e responsabilidade com a nossa cidade”, disse o empresário.

Flávio Frical foi aprovado em convenção para ser candidato a prefeito de Várzea Grande em uma coligação que conta com 13 siglas: além do próprio PSB, estão o PSL, DC, PSC, Podemos, Rede, Avante, PDT, Pros, Patriota, PV, Solidariedade e PRTB.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet