Olhar Direto

Quinta-feira, 03 de dezembro de 2020

Notícias / Cidades

Focos de incêndio no Pantanal reduzem 80%; diminuição em Mato Grosso chega a 85%

Da Redação - José Lucas Salvani

24 Set 2020 - 15:26

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Focos de incêndio no Pantanal reduzem 80%; diminuição em Mato Grosso chega a 85%
Os focos de incêndio no Pantanal registraram uma queda de 80% desde o último sábado (19). Dados apontam que nesta quinta-feira (23), são 190 focos espalhados pelo bioma, contra 919 registrados entre os dias 14 e 18 setembro. Levando em consideração o estado de Mato Grosso, a redução alcançou 85% nesta semana. Entre os últimos dias 14 e 18, eram 4.678, agora, de 19 a 23 de setembro, foram registrados 705 focos.

Leia também:
Pantanal bate recorde mensal de focos de incêndio na história

Segundo o comandante-geral do Corpo de Bombeiros de Mato Grosso, coronel Alessandro Borges, há mais de 40 equipes atuando no combate. "Contamos também com o reforço da Marinha, Exército, Defesa Civil e voluntários e neste momento em que o clima ameniza a situação dos incêndios atuaremos no rescaldo, em uma operação abafa final”, detalha.

Nesta quinta-feira, mais uma aeronave começou a atuar no combate ao fogo. O avião foi contratado pelo Governo de Mato Grosso e está em serviço na região de Porto Jofre. Ao todo, sete aviões atuam contra os incêndios em Mato Grosso.

Ricardo Salles em MT

Também nesta quinta, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, veio a Mato Grosso e está na região do Pantanal. O ICMBio enviou mais 160 brigadistas que chegaram nesta manhã e à tarde, 48 militares da Força Nacional se unem às equipes em campo na região.

"Essas equipes nos darão suporte no monitoramento, levantamento de área e também na atuação daqueles focos de incêndio que porventura recomeçarem. Será uma otimização dos trabalhos, pois as ações continuam, uma vez que as precipitações de chuva foram leves e as equipes permanecem em campo em todo o Estado até que o período chuvoso de fato tenha início", afirmou o comandante do Comitê Integrado Multiagências de Mato Grosso (Ciman-MT), tenente-coronel Dércio Santos da Silva.

O Estado já investiu R$ 22 milhões em recursos próprios no combate aos incêndios florestais e desmatamento ilegal. O Governo Federal enviou R$ 10,1 milhões nesta semana.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet