Olhar Direto

Segunda-feira, 26 de outubro de 2020

Notícias / Cidades

Homem que teve cabeça decepada pode ter sido vítima de facção criminosa

Da Redação - Bruna Bom

01 Out 2020 - 15:08

Foto: Rogerio Florentino/Olhar Direto

Imagem Ilustrativa

Imagem Ilustrativa

Investigações sobre o assassinato de Lineker Micael de Souza Correa, de 22 anos, encontrado decapitado, na última segunda-feira, às margens de um rio, a cerca de 30 quilômetros de Sinop, apontam para envolvimento do jovem com facção criminosa. De acordo com o delegado responsável pelo caso, essa é apenas uma das linhas de investigação, que ainda está em andamento.

Leia mais:
Bombeiros encontram cabeça de homem assassinado com requintes de crueldade


O corpo do jovem foi encontrado com as mãos amarradas, às margens do rio dos Macacos. A cabeça só foi localizada no dia seguinte por bombeiros e policiais que fizeram buscas na parte rasa do rio, próximo ao local onde foi encontrado o corpo.

De acordo com a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), a vítima não apresentava nenhuma lesão aparente no corpo. Poças de sangue apontam que Lineker foi decapitado no local onde o corpo foi encontrado.

A Polícia Civil foi acionada por banhistas que avistaram o corpo de bruços enquanto visitavam o rio. Nas proximidades, um par de chinelos também foi localizado. Segundo a família do jovem, Lineker estaria residindo há pouco mais de um mês em Sinop e veio de São Paulo.

Com informações do site Só Notícias.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet