Olhar Direto

Sábado, 05 de dezembro de 2020

Notícias / Política MT

Kalil projeta novo Plano de Mobilidade Urbana para VG, com faixas exclusivas para ônibus

Da Redação - Vinicius Mendes

21 Out 2020 - 17:49

Foto: Reprodução

Kalil projeta novo Plano de Mobilidade Urbana para VG, com faixas exclusivas para ônibus
O candidato a prefeito por Várzea Grande, Kalil Baracat (MDB), está projetando um novo Plano de Mobilidade Urbana para a segunda maior cidade do Estado. Ele lembrou que na gestão atual, 70% da frota de ônibus foi renovada, proporcionando mais conforto aos usuários do transporte coletivo. Contudo, o candidato considera ser primordial a redução do tempo de espera.
 
Leia mais:
Quase 170 mil eleitores de MT não poderão votar em 2020; veja em quais municípios
 
Com o desenvolvimento da cidade industrial nas últimas décadas, Várzea Grande acabou crescendo de forma desordenada. Os grandes espaços urbanos e a distância entre uma região e outra da cidade, criou um novo desafio que deverá ser encarado pelo próximo gestor – a criação de um novo Plano de Mobilidade Urbana. Consciente de sua missão caso seja eleito, o candidato a prefeito, Kalil Baracat (MDB) assumiu o compromisso de adequar o Plano à nova realidade da urbanística.
 
“Precisamos criar um modelo de mobilidade que promova melhorias na qualidade de vida do cidadão, planejando, concomitantemente, o crescimento e a ocupação dos espaços urbanos de forma estruturada e sustentável e, mais do que isso, a necessidade de locomoção do cidadão por esses espaços. Afinal, um trânsito melhor reflete, diretamente, na qualidade de vida do cidadão”, observou Kalil. 
 
Entre as propostas para melhorar a mobilidade urbana estão a implantação da onda verde no conjunto semafórico em pontos de maior tensão, visando evitar engarrafamentos e dar maior fluidez ao trânsito, especialmente na região Central.
 
Outra ideia é a criação de corredores exclusivos para ônibus. Quanto à licitação do transporte público, cuja concessão encontra sub judice, Kalil assegura a realização de um novo certame assim que houver segurança jurídica para tal. 
 
“O trabalhador que depende do transporte coletivo, fica no ponto de ônibus até 40 minutos. E quando chega, fica muito tempo dentro do transporte, já que há baixa fluidez especialmente nos horários de pico. Quem não se irrita e se aborrece desse jeito? Por isso, quero implantar as faixas exclusivas de ônibus nas principais avenidas e, também, implantar a onda verde nos semáforos”, explica Kalil.
 
Kalil também pretende fazer a integração entre os modais de transportes, seja com o VLT ou BRT. No plano de mobilidade proposto por Kalil, os ciclistas também serão contemplados com novas ciclovias e ciclofaixas. Os pedestres também serão contemplados. “Projetamos a implantação de passarelas ao longo da avenida da FEB, caso o modal proposto para avenida seja mantido. Aliás, eu o governador do Estado, Mauro Mendes, temos conversado muito sobre qual a melhor solução para isso”, pontuou Kalil.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet