Olhar Direto

Segunda-feira, 30 de novembro de 2020

Notícias / Política MT

Com apoio do governador, Kalil promete construção de IML em Várzea Grande

da Redação - Isabela Mercuri

23 Out 2020 - 14:52

Foto: Assessoria

Com apoio do governador, Kalil promete construção de IML em Várzea Grande
O governador Mauro Mendes (DEM) se comprometeu publicamente a implantar os serviços de medicina legal em Várzea Grande durante sua gestão, em parceria com o emedebista Kalil Baracat, caso ele seja eleito. A proposta visa a melhoria no atendimento da demanda de toda região metropolitana de Cuiabá.

Leia também:
Acusação de sonegação contra Frical é destaque em debate a prefeito de VG; Kalil não comparece

“Temos casos de familiares que perderam parentes e tiveram que aguardar até 24 horas para a liberação do corpo, para fazer o velório e o enterro. O corpo tem que ser levado ao IML que fica em Cuiabá para depois ir para a funerária. A demora causa ainda mais sofrimento à família. Por isso fiz questão de pedir urgência na resolução dessa demanda para Várzea Grande, que é a segunda cidade do estado”, disse Kalil.

A ideia da construção de um IML na cidade já existe desde 2009, quando foi apresentado um projeto à Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp). No entanto, desde então não houve avanços.

De acordo com a assessoria de imprensa de Kalil, hoje o IML de Cuiabá, é insuficiente para cerca de 800 mil pessoas do aglomerado urbano formado pelas cidades de Cuiabá e Várzea Grande.

Conforme Kalil, essa unidade em Várzea Grande ainda vai atender municípios vizinhos como Jangada, Nossa Senhora do Livramento e Poconé. “Esse é um sonho antigo da nossa gente, que antes da gestão Lucimar Campos não tinha o direito de nascer na cidade. Com a criação da rede cegonha, isso mudou. Todo o pré-natal e o parto são realizados aqui. Agora precisamos avançar. Queremos também dar ao cidadão direito de morrer e receber um atendimento digno na nossa cidade”, finalizou.

O IML é responsável não apenas pelos atendimentos de óbitos, fazendo a remoção dos corpos do local dos crimes ou das unidades hospitalares. O Instituto ainda é realiza necropsia para emissão de atestado de “causa mortis”, além de exames periciais de lesão corporal, exames para constatar a violência sexual, psiquiatria forense, constatação de embriaguez ou identificação por odontologia legal.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet