Olhar Direto

Sexta-feira, 04 de dezembro de 2020

Notícias / Política MT

Emanuel chama Roberto França de condenado e diz que adversário representa retrocesso

Da Reportagem Local - Isabela Mercuri/ Da Redação - Max Aguiar

27 Out 2020 - 17:40

Foto: Rogério Florentino Pereira/ OD

Emanuel chama Roberto França de condenado e diz que adversário representa retrocesso
Durante arrastão de campanha na tarde desta terça-feira (27), no bairro Planalto, em Cuiabá, o prefeito e candidato à reeleição Emanuel Pinheiro (MDB) respondeu às críticas feitas pelo opositor Roberto França (Patriota), que o chamou de "falastrão e sem moral" e que "já deveria estar preso". 

Leia mais:
“Emanuel não tem moral para falar de ninguém e já deveria estar preso”, dispara Roberto França

Para Emanuel, quem é condenado é França. A coligação do emedebista inclusive deu até meio-dia de quarta-feira para o adversário se justificar e se defender, senão Emanuel irá explorar isso durante o restante de campanha. 

"O condenado é ele [Roberto França]. Ele alega que têm documentos que comprovam sua inocência. Roberto França é condenado por malversação de dinheiro público. E isso em primeiro grau. E parece que está recorrendo em segundo grau. Ele alega que isso não é verdade. Então que ele apresente o documento que prova isso. Eu dei o prazo até 12h de amanhã, senão nós vamos aprofundar na condenação dele em primeiro grau", disse o candidato.

Ainda durante a caminhada, Emanuel falou ao Olhar Direto que a população está cansada da velha política e por isso quer um prefeito que tenha projetos futuristas para a capital e que não maltrate o servidor público, que na época que Roberto França foi prefeito, ficou cinco meses sem receber. 

"Roberto representa o atraso, o retrocesso, o desrespeito ao servidor público. As maiores violências preconizadas contra o servidor público foram no período em que ele era prefeito. Cinco meses de folha salarial atrasada é o retrocesso que a população não quer. O povo quer alguém que transforme a cidade para um futuro e mantenha o espírito humanizado", concluiu o prefeito, que seguiu pelas ruas do bairro Planalto a pedir voto.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet